quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Gastrectomia Total


Foi-me retirado o estômago na totalidade, ou seja, ligaram-me o esófago directamente ao intestino delgado como está representado na imagem em cima.

A principal função do estômago é dar continuidade à digestão, iniciada na boca e finalizada no intestino delgado; funciona também como um órgão de armazenamento, permitindo que a ingestão de uma refeição possa ser feita apenas duas ou três vezes por dia, se isto não fosse possível essa ingestão teria de ser feita a cada 20 minutos. É no intestino delgado que ocorre a digestão e absorção de nutrientes, mas quando os alimentos aí chegam devem estar bem triturados e uma vez que não tenho estômago tenho de o fazer com a boca, com os dentes.

Durante os primeiros dias após a cirurgia, fui alimentada por via endovenosa, ou seja, através de uma veia com um liquido pastoso branco que tem tudo o que é essencial.

Eu comecei a ingerir líquidos após o 10.º dia após a cirurgia. Nos últimos dias que estive internada tive o apoio da Dr.ª Anabela, nutricionista no hospital que me deu todas as dicas e conselhos essenciais a uma vida e alimentação normal. Fiquei muito contente pois fiquei a saber que o que tinha de fazer era tudo o que já fazia. Alimentação cuidada e saudável, evitar os doces e principalmente poder comer de tudo. Nada me era proibido ao contrário do que me diziam.

Como me foi removido todo o estômago, não consigo absorver a vitamina B12, necessária para ter sangue e nervos saudáveis e, como tal, preciso de levar injecções desta vitamina.

As dificuldades que tive e que ainda tenho, são na sua maioria temporárias. Tenho consciência que o bem ou mal que fizer (neste caso ingerir) serei eu própria a sofrer as consequências. A minha maior dificuldade é a tolerância ao leite e não posso (de todo) ingerir alimentos muito condimentados, especialmente alimentos com pimenta! Tento seguir uma alimentação baseada em cozidos e grelhados mas não evito de todo os assados, os fritos, os guisados, enfim, tudo! Porque tudo faz falta ao organismo. Nem sempre nem nunca e vou ter de me habituar a todo o tipo de alimentos. O segredo é mesmo a variedade e comer (sem falta) de 2 em 2 horas. Se não o fizer fico zonza e toda a tremer. Nem sempre dá jeito, mas é o meu novo modo de vida e é impensável não o fazer.

Comer devagar é outro cuidado que tenho de ter! Náuseas, diarreia e tonturas, depois de comer, são alguns dos sintomas que tenho quando os alimentos e os líquidos chegam ao intestino delgado muito depressa. É uma má disposição que só quero cama e sossego!

Só recentemente descobri o que é o síndrome de dumping tão falado em pessoas como eu, gastrectomizadas. Começa com (tipo) uma dor de estômago, má disposição, muito frio, tremores e vómitos. É horrível pois não consigo ter controlo sobre o meu próprio corpo. Alimentos que contenham grande quantidade de açúcar podem piorar estes sintomas.

Comer pequenas refeições, fraccionadas, durante o dia, evitar alimentos que contenham açúcar, e comer alimentos ricos em proteínas. Para poder reduzir a quantidade de fluidos que entram no intestino delgado, aconselha-se a não se ingerir líquidos durante as refeições o que para mim é bastante difícil pois é justamente nesta altura que tenho muita sede.

A minha vida neste momento é feita em função da minha alimentação. Tudo gira à volta dela. Todos os dias preparo o meu almoço, lanches (meio da manhã e  meio da tarde) e jantar. Todos os dias sou responsável por mim própria! Posso controlar tudo excepto a altura em que estou menstruada...

Vivo bem! Vivo um dia de cada vez e tento que seja o melhor possível. Nem sempre é fácil e muitas vezes desespero e choro (sou humana!) mas nestas alturas Deus dá-me pequenos sinais em que me mostra que tudo vale a pena, que a vida vale a pena.

196 comentários:

  1. ÉS LINDAAAA!!!!!

    Gosto de ti, desde aqui até à lua!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Daqui até à lua,
    tambem por aqui vou andando,
    por satélite, msg ou mail,
    nós vamos aqui falando!

    Mais um beijo para ti,
    porque és especial,
    FALTAM NESTE MOMENTO,
    360 horas pró Natal!

    CS

    ResponderEliminar
  3. Olá Andreia!

    Vim parar ao teu blog um pouco "por acaso" e por momentos pensei que alguém se estava a fazer passar por mim e a contar a minha história! :D Embora por motivos diferentes, também eu fiz uma gastrectomia total há cerca de ano e meio...
    Parece que tens a lição muito bem estudada e com essa boa atitude, vai-te correr tudo pelo m elhor, com certeza!
    Força!

    A.C.

    (andreia.ius@gmail.com)

    ResponderEliminar
  4. Olá, boa tarde...vim aqui parar por acaso...também fiz uma gastrectomia total alargada em 11.12.1996 (retirei o estomago e baço), o leite também não suporto tomo chã, mas todos os dias como um iogurte...como de tudo já há muito tempo...estou bem.
    Muita força, muita saúde tudo de bom.
    Zé Manel Coelho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Zé você poderia passar seu e-mail para retirar algumas duvidas?

      Eliminar
  5. ola Andréia.
    Meu marido fez a gastrectomia a 5 meses e esta em fase de adaptação.
    creio que tudo dara certo pra ele , assim como pra vc.
    beijos...

    ResponderEliminar
  6. fiz gastrectomia total também,e com uma dieta rica em proteinas,indicada por uma nutricionista,tive uma série de calculos renais,o que acarretou em 7 cirurgias para retirada dos mesmos,há 6 meses fiz a gt e o ultimo cálculo com 2cm foi retirado há trinta dias,mas estou confiante,procurei mudar minha alimentação que hoje se parece com a sua,mas ainda sinto muita dor.Espero conseguir passar logo por tudo,eu e os outros que fizeram o mesmo procedimento somos forçados a descobrir o nosso jeito de viver e de nos alimentarmos,pois cada um tem uma reação,principalmente emocional.Adorei encontrar você,pois me senti melhor e um tanto quanto apoiada pois vou viver um dia de cada vez e parar de pensar muito como será amanhã ao acordar e assim por diante.Obrigada.

    ResponderEliminar
  7. DILSON PRUDENTE JUNIOR12 de Fevereiro de 2011 às 22:09

    olá Andreia.
    fiz um a gastrectomia a 4 meses, pra mim é uma luta a cada dia, não podemos deixar de lutar de perseverar e levar a nossa vida adiante, tenha fé porque existe um DEUS maravilhoso que tudo ele pode, foi ele que nos fez, confia a tua vida nele e vc verá oque ele fará na tua vida.
    Um abraço do seu amigo Dilson.

    ResponderEliminar
  8. Olá Andreia, Primeiramente acredite em Deus, pois somente ele pode nós curar, dar força, e perseverar.Hoje estou passando por essa situação, não comigo, mas com a minha mãe, fez a gastrectomia apenas 03 dias atrás e estou buscando informação através de pessoas e dos médicos, que já o fizeram e com certezas estou tendo não somente a informação mais acima de tudo força e que tudo é possível quando temos FÈ.
    Muitas felicidades!

    ResponderEliminar
  9. Andreia,
    Vi seu depoimento que é muito importante para mim e minha familia, uma vez que minha Mama (90 anos), retirou hoje a sonda enteral,pela qual recebia alimentação. Seu depoimento é rico em informações que nos farão compreender um pouco melhor o que poderá ocorrer daqui para frente.
    Obrigado por expor os detalhes.
    Rogo a Deus que lhe de sempre muita força, energia para que voce se mantenha forte em todas vicissitudes.
    LCBalista

    ResponderEliminar
  10. oi querida entrei em seu blog por acaso,nao sei se te serve de consolo mas acompanhei um caso parecido com o seu de perto,a pessoa que eu mas amo no mundo(minha mãe)apos receber o diagnostico de cancer foi submetida a gastrectomia total,e a exatamente 5 anos graças a fé em deus e a um medico que deus colocou em nosso caminho ela esta hoje levando uma vida praticamente normal,logico que sem exagero alimentar,por isso creio que assim como minha mãe voce ainda tera uma vida plena cheia de realizacoes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe entrar na sua conversa, mas queria saber se pode me ajudar. Passei por uma gastrectomia "parcial" há 2 anos e perdi 24 kg dos 65 que pesava. Hoje, estou com 52 anos, já consigo me alimentar bem melhor de forma fracionada, a cada 2 horas, evitando os doces, mas ainda tenho fortes crises de diarréia e acredito que isso impeça que eu recupere alguns kg. Já cansei de me queixar com meu cirurgião que sempre diz que é assim mesmo, mas só a gente que passa é que sabe como é difícil e como a gente se sente mal com a magreza excessiva. Tem alguma coisa a dizer sobre a situação de sua mãe que pudesse me ajudar? Se puder me responda pelo e-mail rosana@elektran.com.br. Obrigada ( Rosana )

      Eliminar
  11. Foi o máximo ler sua história que se identifica muito (muito mesmo!) com a minha...no próximo mês de Maio farão dois anos em que fiz parte desse processo cirurgico e ainda hoje(acredito que pelo resto da vida...) faço novas descobertas à respeito dessa nova vida...um grande abraço e fique com Deus!!!

    ResponderEliminar
  12. sonia disse: Ola, como vc fiz gastrectomia total e tirei a visicula tb a 2 anos agora estou bem, mais ja passei por muitas dificuldades, de alimentação agora estou com anemia profunda, tomando ferro na veia, ja me aconteceu de tudo, vomitos, alergia ao leite, mais depois de tudo a minha alimentação é quase normal, agora estou bem, queria me comunicar com pessoas qu tenham o mesmo problema que eu, meu e-mail é soniausb@hotmail.com, fiquei com Deus pq nele nos podemos confiar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá , por favor me add lucas33sp@hotmail.com

      fiz a gastrectomia dia 02 de janeiro de 2012.

      Lucas

      Eliminar
    2. Anónimo, olá ! tudo vai da certo, é de fundamental inportância que você acredite que tudo leva um tempo, tenho certeza que vai da certo é só ter força e fazer o controle alimentar.

      Eliminar
    3. oi sonia tbem fiz essa cirurga, mais aps 10 meses as vezes até, me esqueço q nao tenho estomago , recebo muito carinho de minha familia, vc como esta grande abraço. nao te esqueça o nosso DEUS e extremamente fiel. meu email debora-russo@hotmail.com

      Eliminar
    4. OLÁ VIM PARAR EM SUA HISTORIA POIS ESTOU A PASSAR POR TAL MAS É COM MINHA MÃE A MESMA FEZ GASTRECTOMIA,VENHO PESQUISANDO SOBRE O ASSUNTO FOI BOM TEU BLOG ASSIM VEJO AS REAÇÕES DESTA TRANFORMAÇÃO,VOU ABRAÇAR E ESTAR DO LADO DE MINHA MÃE QUE DEUS NOS ABENÇÕES.TCHAUL OBRIGADO!!

      Eliminar
    5. Sonia.Estou pra passar por esse processo.Descobri um cancer no estômago e estou apavorada com a cirurgia, muito embora saiba que não ha como evitar.Seu depoimento fi esclarecedor.Desejo que você continue melhorando sempre. e peço a Deus que de forças para encarar esse processo não só a mim, como aos outros que estejam passando pela mesma situação.

      Eliminar
  13. ROZI disse...

    olá Andréia, estou passando um problema igual com o meu marido.Muito nobre da sua parte postar informações da sua experiência, obrigado. Que DEUS a ilumine.

    ResponderEliminar
  14. Oi Andréa, também cheguei ao seu blog por acaso. Fiz gastrectomia total no dia 03/12/2009 e graças a Deus estou tendo um segunda chance de viver!! Todo o processo é difícil e doloroso, requer muita Fé em Deus, paciência, amor. Ainda sinto naúseas, tenho intolerância a lactose, me engasgo ao me alimentar rapidamente e adquiri após a cirurgia cálculos na vesícula.
    Mas, Graças a Deus estamos aqui hoje contando a nossa história. Gostaria de lhe dar os parabéns pelo seu Blog,adorei.
    Que Deus lhe proteja e ilumine.

    ResponderEliminar
  15. Andrei,Estou fazendo um trabalho , sobre isso msm, Força , aa Vlw ;D

    ResponderEliminar
  16. Olá a todos,tive uma triste noticia que minha mãe estar com cancer no estomago,pra mim parece que nada mais faz sentido,estou perdido sem saber o que fazer,mais acredito em Deus e na mulher guerreira que é minha mãe,o medico disse que é necessario a gastrectomia total,tenho fé em Deus e estou mais confiante com esses depoimentos dos senhores e das senhoras.gostaria de informações de quem já passou por essa situação. meu e-mail é dinei.medeiros@hotmail.com, tenham fé em Deus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estou na mesmissima situacao porem sou eu quem vou para cirurgia dia4/12/2012 ou seja daqui a 3dias. confio no salmo 23 onde deixei minha vida em Jesus tanto que como cita o salmo estou confiante no pre e pos operatorio. aqui foi o melho blog que encontrei. sou brasileiro moro atualmente no japao. estrou sozinho caso eu retorne vivo continuarei os contatos por aqui pois digitar de um iphone e muito complicado. mas como estou internado ha25dias foi o melhor que consegui. ate mais pessoal.

      Eliminar
    2. Dinei, ha pouco mais de 1 mes descobri por acaso um tumor no estômago e fiquei sem chão, desesperada.Vou ter que passar pela gastrtectomia total e peço a Deus todos os dias força e coragem para enfrentar esta situação tão inesperada.Estou tomando antidepressivos, pois só tenho vontade de chorar e estou ciente que não tenho alternativa a não ser me submetr a cirurgia.Tenham força e fé, assim como estou procurando ter.Se Deus quiser tudo vai dar certo.Amém

      Eliminar
    3. Mande notícias de como foi sua cirurgia.Espero que tudo tenha saido bem.Boa sorte.

      Eliminar
  17. Olá Andreia :)
    Fiquei muito contente por saber que, afinal, é possível adaptarmo-nos ao que a vida nos traz, sejam elas boas ou más. O meu pai vai fazer uma gastrectomia total daqui a 2 semanas. Sempre acalentámos a esperança que não fosse necessário retirar todo o estômago, mas infelizmente o destino não quis assim. O meu pai está assustadíssimo e até já fala em desistir da operação, pois um dos seus maiores prazeres é comer bem e beber um bom vinho às refeições. Agora pensa que vai comer papas o resto da vida. Tenho de lhe mostrar este blog e tentar explicar que afinal é possível levar uma vida relativamente normal após a operação. É só uma questão de paciência. Um bem haja para si e que tudo continue a correr bem... pois é o mesmo que desejo para o meu pai. Bjux

    p.s. e parabéns pela sua coragem! :)

    ResponderEliminar
  18. Bom dia Andrea! Passei por gastrect. total ha 01 ano, moro no interior de São Paulo, Brasil. O seu blog está me ajudando, obrigada pelas dicas. Um beijo, tenha uma semana maravilhosa. Sandra. gouveasandra@ig.com.br

    ResponderEliminar
  19. Boa noite Andréia, minha namorada está se formando em nutrição e me contou sobre um caso semelhante o seu de um senhor que fez a cirurgia e resolvi pesquisar, fique desolado ao saber do caso e só de pensar que nunca mais poderia comer as coisas como antes, depois disso passei a comer coisas que dizia não gostar, verdures e legumes que la na frente farão bem a mim, tenho 28 anos, adoro fazer esportes, comer ser feliz, tenho um pequeno problema na coluna que vinha me desanimando pois interrompia meus treinos pois ficava com dor e tinha que diminuir a intensidade dos exercicios, porém depois de ler aqui os depoimentos vi que não tenho problema nenhum e fiquei admirado por ver a força que cada um tem para enfrentar esse problema, fico Feliz em saber que cada um aqui consegue viver e leva sua vida um dia de cada vez e pelo visto de certa maneira todos felizes e caso não tenham pessoas felizes, fiquem pois se vocês estão vivendo assim, são pessoas vitoriosas por enfrentarem tudo isso e continuarem vivendo, estão todos de parabens, acreditem sempre em Deus acima de tudo pois ele é o unico que vai dar forças o suficiente para que todos enfrentem seus medos e problemas a cada dia, fiquem com Deus e um grande abraço a todos
    Leandro Santos

    ResponderEliminar
  20. Oi, boa tarde!
    Também fiz essa cirurgia, no dia 03/03/2011. E estou me adaptando a uma alimentação regrada e adequada ao momento. Tenho me sentido muito bem, graças a Deus!
    Também agradeço a Deus esse "renascimento", essa oportunidade de rever valores, vivendo de acordo com as possibilidades.
    Desejo a você o restabelecimento total e muitos, muitos anos de vida com qualidade excelente!
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Olá Andreia e todos os outros. Obrigado pelo blog e por todos os vossos comentários. O meu pai está no hospital, fez essa cirurgia há dois dias e eu andava aqui às voltas na internet à procura de coisas. Fez-me bem ler isto tudo, mesmo se a minha preocupaçao principal por agora é ainda de saber quais sao as chances de a cura do cancro ter sido total. Beijos e abraços para todos

    ResponderEliminar
  22. OLÁ ANDREIA, TBÉM ENTREI NO SEU BLOG POR ACASO, MAS ACABEI GOSTANDO, POIS PUDE PERCEBER QUE NÃO SOU A UNICA PREMIADA A PASSAR POR UMA GASTRECTOMIA TOTAL. EM FEVEREIRO/2011 FEZ 02 ANOS QUE FUI OPERADA, DEVIDO A UM TUMOR MALIGNO DIFERENCIADO. CHEGUEI A DIZER PRO MEDICO QUE NÃO FARIA A CIRURGIA E ELE ME DISSE QUE ENTÃO EU ASSINASSE UM TERMO DE COMPROMISSO. VI QUE NÃO TINHA SAÍDA. A COISA ERA PARA MIM E O ENDEREÇO É MEU. MAS AQUI ESTOU, GRAÇAS A DEUS VIVINHA DA SILVA, PARA COMPARTILHAR COM VCES QUE TBÉM PASSARAM PELA MESMA PROVAÇÃO. ANDREIA QDO LI SEU DEPOIMENTO ESTAVA NO GOOGLE PROCURANDO ALGUMA RESPOSTA POR QUE ME SENTIA SEMPRE QUE COMIA, TONTURAS E TREMIA COMO SE EU ESTIVESSE FRACA E PASSEI PELO SEU BLOG E LI E ME IDENTIFIQUEI COM VCE PELO MOTIVO DE VCE SENTIR O MESMO QUE EU SINTO TODOS OS DIAS, MAS QUE GRAÇAS A DEUS PASSA RAPIDAMENTE. ENTAO FIQUE MAIS CONFIANTE E FELIZ, POIS VI QUE É NORMAL E QUE NÃO HÁ NADA DE ERRADO COMIGO. ANDREIA ANTES DA CIRURGIA EU PESAVA MAIS OU MENOS UNS 47 QUILOS, CHEGUEI A PESAR 30 QUILOS COM O POS OPERATORIO. OLHAVA-ME NO ESPELHO E ASSUSTAVA COM A MINHA MAGREZA, MAS DEUS NÃO ME DEIXOU FICAR TRISTE E DEPRIMIDA. ELE O TEMPO TODO ESTEVE E ESTA COMIGO, COMO MEU PAI QUE CUIDAVA DE MIM QUANDO EU TINHA INFECÇÃO DE GARGANTA E CALAFRIOS. DEUS É VERDADEIRAMENTE NOSSO PAI, AINDA QUE NÃO TEMOS PAIS VIVOS. ELE É A NOSSA FORTALEZA, ELE É O AMOR, A MISERICÓRDIA, A VIDA. ANDREIA O MEDICO ME DISSE QUE EU NÃO RECUPERARIA NUNCA O MEU PESO. SEMPRE FUI MAGRINHA. MAS ISSO NÃO INTERESSA, POIS JÁ ENGORDEI BASTANTE E COMO DE TUDO, NA VERDADE DIMINUI NA QUANTIDADE, MAS MELHOREI NA QUALIDADE DE VIDA. AQUI VAI UMA MENSAGEM PARA TODOS AQUELES QUE COMPARTILHAM CONOSCO: DEUS É MAIOR DE TUDO O QUE ME ACONTECE, DEUS É GRANDE SUPREMO REI. DEUS É A MINHA VIDA... BJOS. VOU CONTINUAR A ABRIR O SEU BLOG, GOSTEI MUITO. DEUS A ABENÇOE SEMPRE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. me chamo terezinha :li o seu blog, eu fiz gastrectomia esse ano ,faz quarenta dias e graça a deus eu nao estou sentindo nada ;só mesmo o desconforto da cirurgia

      Eliminar
    2. Que bom o seu depoimento Laninha.Só gostaria de saber com quantos quilos você está hoje, pis junto com a cirurgia em si, esse é um dos meus medos.Gostaria também de perguntar a todos os outros, se além da cirurgia tsmbém passaram pela quimio. Um beijo e que4 Deus no proteja.

      Eliminar
    3. Olá Laninha...tudo bem? Não sei se receberá esta mensagem,mas só encontrei este canal hoje e seu depoimento me chamou a atenção pois fiz a gastrectomia "parcial" em janeiro de 2011 e 8 meses depois já havia perdido 24 kg dos 65 que pesava. Cheguei a ganha 3 kg mas perdi facilmente pois ainda sou acometida de fortes episódios de diarréia e creio que isso me impede de engordar. Já cansei de me queixar com meu cirurgião mas ele sempre diz que é assim mesmo e que eu não deveria querer engordar. Mas sabemos o quão constrangedor é a gente ter que sair correndo para um banheiro seja em casa, no trabalho, numa festa ou num shopping. Às vezes correndo o risco de nem dar tempo...Se você tiver algo a me dizer eu ficaria muito grata e coloco meu e-mail a disposição rosana2811@hotmail.com..obrigada e fique com Deus.

      Eliminar
  23. Olá,Andrea...estava procurando respostas p/o problema da minha mãe...que descobrimos a um mês atras...e estou super nervosa,pois minha mãe vai fazer a mesma cirurgia q vc...depois de ler seu relato,fiquei mais confiante...e sei q tudo vai dar certo...ela opera dia 07/07/2011 e hoje é o meu aniversário e sei que Deus vai me dar o maior presente que já ganhei... que Deus te abençoe e ilumine sempre...fique com Deus.
    06/07/2011

    ResponderEliminar
  24. Olá, aprendi muito lendo sua história, fico feliz que esteja bem, pois descobrimos a 1 mês que meu pai esta com o mesmo problema, e pra mim é confortante saber que pessoas com problemas semelhantes, tiveram um bom resultado, espero que Deus nos de essa vitória também...Boa sorte, que Deus abençõe e obrigada por compartilhar sua hstória!!!

    ResponderEliminar
  25. Paulo disse :Olá tbem fiz uma gastrectomia total no começo sofri mto mas hj em dia como de tudo literalmente mas ultimamaente tenho sofrido com cólicas constantes será que é alimentação? sorte a todos nós e iva a vida constantemente....

    ResponderEliminar
  26. Diony Mariza disse....
    Olá Andrea, fiz cirurgia bariátrica á 8 anos, tive várias complicações inclusive reoperações.
    Porém, sofro com excesso de vômitos, dores abdominais e intestinais. Procurei um outro médico e através de exames ele diagnosticou gastrectomia total. Ainda não tive tempo para digerir esta condição. Já chorei bastante por saber que terei que passar por isso o resto de minha vida. Acreditava que este outro médico pudesse me ajudar a amenizar o desconforto ao comer. Mas, a decepção foi a descoberta que meu estomago nao foi reduzido e sim retirado.
    Força e fé para vc e todos que compartilhamos com este problema.....

    ResponderEliminar
  27. Olá Andrea!
    Também fiz Gastrectomia Total há uma ano e 7 meses. Como todos, sofri bastante para me adaptar à nova condição. Mas a fé em Deus e o apoio de minha família e dos amigos me deram forças para não cair em depressão. Levo uma vida "quase normal", isto é, dentro dos limites que temos. Mas sou muito feliz e agradeço a Deus a chance de poder estar viva e acompanhar meus filhos ainda. Estou amando seu blog e já pude tirar proveito dele. Me emocionei com os depoimentos. Chorei com o depoimento do maestro João Carlos Martins. Realmente é um exemplo a seguirmos. Não desistir nunca da vida. Peço a todos que estão compartilhando este problema que deixem seus email's para entrarmos em contato e trocarmos informações. Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola! cida td bem com vc? minha mãe passou por esse procedimento. gostaria de saber quais as reaçoes que vc enfrentou durante pós operatorio. edeardo1@hotmail.com

      Eliminar
  28. Quis Deus que eu encontrasse este blog!!! A minha mãe está a aguardar o resultado de uma biópsia e há elevadíssimas hipoteses de se diagnosticar carcinomatose. Manterei contacto e irei relatando as diversas fases desta partida que a vida nos está a pregar...

    Carmen

    ResponderEliminar
  29. Olá meu nome é lincoln meu e-mail é lincolnbill@uol.com.br. Sou gastretomizado desde 2007 dai em diante a minha vida mudou totalmente, alem da cirurgia fiz quimioterapia e radio terapia durante 1 ano, foi barra mas venci, quero deixar claro a vc que todos os sintomas que vc sente eu tb sinto e alem disso tenho dores constantes onde era a boca do estomago ainda não sei oque é isso já fiz todos os exames para achar outro foco de tumor mas não achei.
    Ainda tenho esperança de que viver cada dia e cada segundo é uma virtude dores vão e vem, mas a alegria de falar e lutar cada dia pelo o que vc acredita issosim é que é viver. Olhe se vc quiser podemos falar mais sobre o assunto e quem sabe ajudar outras pessoas.
    Um grande abraço.
    Lincoln Yoshiaki Iizuka
    São Paulo/SP

    ResponderEliminar
  30. Òlá Andreia boa noite, me chamo Dilson fiz uma gastrectomia total, no momento está dificil para encarar esta nova realidade, esta nova vida. As vezes quero acordar e pensar que tudo não passou de um pesadelo, mas depois caio na real, as vezes me ponho em pranto e fico triste, pensando em como sair disso, mas a minha força está em Deus, se não fosse ele acho que já estaria morto.
    quero voltar a trabalhar, mas não sei se isso vai ser possível.
    Quero deixar aqui um abraço e que Deus te abençoe cada vez mais te dando grça e saúde e força para superar essa luta.
    DILSON PRUDENTE JUNIOR.
    dilsonprudente@gmail.com

    ResponderEliminar
  31. Olá, Andreia...

    Este mês completam-se 2 anos desde que passei por gastrectomia total e esplenectomia decorrentes de um câncer de estômago assintomático descoberto em exame de rotina. Diabético, passei por falência renal no pós-cirúrgico e quase morri por isso.

    Agora estou bem, 18kg mais magro (80kg para 1.77m), com níveis normais de glicose sem precisar de medicação alguma. Após a cirurgia, custei a acostumar-me com o 'dumping' que, agora, praticamente não tenho mais, mesmo com ingestão moderada de líquidos às refeições.

    Minha alimentação é normal, como de tudo e não preciso suplementar-me com vitamina B, mas preciso comer algo a períodos curtos (2-3h). Bebidas alcoólicas e/ou alimentos apimentados trazem-me a antiga sensação de azia (queimação)como se eu ainda tivesse estômago. Por um período tive problemas com gases, que prejudicavam minha vida social. Isto também já passou e consigo controlá-los na maioria das vezes.

    Este meu depoimento visa, sobretudo, encorajar pessoas que precisarem passar por gastrectomia que não é tão mal assim: sinto-me muito bem, os exames rotineiros não detectam nenhuma progressaõa do câncer. Passei a valorizar mais a vida e perdi muito da materialidade das coisas, o que me tem feito bem.

    Que ótimo enontrar esse seu blog que, certamente, está sendo muito útil para muitas pessoas.

    Um abraço e obrigado.

    JOSÉ CLARET MATTIOLI (jcmhome@terra.com.br)
    Piracicaba-SP / BRASIL

    ResponderEliminar
  32. Andreia;
    Espero em deus que minha tia possa passar por essa cirurgia também, estamos um tanto quanto esperançosos com isso... DEUS TEM UM PROPÓSITO PARA VOCÊ ACREDITE NISSO... QUE ELE TE ABENÇOE SEMPRE...
    MARCIA CARVALHO (marciaelektra@yahoo.com.br)
    COTIA - SP

    ResponderEliminar
  33. Bom Dia.

    Meu nome é Roberto tenho 23 anos, sou de Natal RN e há 27 dias fui submetido a Gastrectomia total, descobrir em um exame de rotina uma lesão maligna no estomago e tive que operar, Graças a Deus não tive nenhuma complicação na cirurgia o pior para mim foi o pós operatório no hospital foram dias angustiantes, tendo em vista a minha impaciência, hoje estou em casa me recuperando bem, quanto a alimentação estou tolerando quase todos os alimentos e só tive dumping uma vez quando tomei um suplemento de forma rápida aí fiquei com a sensação de cansaço e meio mole, mais aos poucos vou me adaptando pois não é fácil mudar completamente seus hábitos alimentares, mais com Fé em Deus sei que tudo vai ficar bem.. as vezes sei que é difícil deixar um pouco de lado sua vida, digo isso pois me formei no fim de 2010 e estou começando a ter minha vida profissional que foi totalmente interrompida, mais tento não ser imediatista (não é fácil) tento esperar o tempo de deus na minha vida refletindo sempre nos versos dessa musica de Pe. Fabio

    Eu sei que é difícil esperar
    Mas Deus tem um tempo para agir e pra curar
    Só é preciso confiar

    Se a cruz lhe pesa
    Não é para se entregar
    Mas pra se aprender a amar
    Como alguém que não desiste

    A dor faz parte do cultivo desta fé
    Pois só sabe o que se quer
    Quem luta para conseguir ser feliz...

    ResponderEliminar
  34. OI ANDREIA COMO VAI? QUE LEGAL ESSE BLOG, TAMBEM FIZ A GATRO TOTAL, A 3 MESES. ME SINTO BEM EXETO ALGUNS INCOMODOS. MAIS DEUS TEM SIDO MARAVILHOSO NA MINHA VIDA.DESCOBRI A DOENÇA NUM EXAME DE ROTINA, E BEM A TEMPO. POR ISSO QUEM ESTA PASSANDO POR ISSO NAO DESISTAM, CREEM. OS GASES SAO HORRIVEIS, ENJOOS. TEM DIAS QUE CONSIGO COMER BEM, MAIS TEM OUTROS QUE NAO ENTRA QUASE NADA. LEITE E DERIVADOS NEM PENSAR. QUEM QUISER SE COMUNICAR E TROCARMOS EXPERIENCIAS debora.russo@YMAIL.COM. BEIJOS E FORÇAS A TDOS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola´boa noite ,vin aqui procurar ajuda, o meu marido foi gastrectomizado á quase tres meses e tem astenose e nãõ tulera quase nada de comida só´come liquidos e está cada ves pior alguem passou pelo mesmo ? por favor ajudeme

      Eliminar
  35. OI ANDREIA, ESTAVA PROCURANDO MAIS INFORMAÇÃOES SOBRE A GASTRECTOMIA TOTAL E ACHEI ESSES COMENTARIOS ÚTEIS. MINHA MÃE FEZ A DOIS MESES ESSE PROCEDIMENTO ELA AINDA PASSA MAL COM ENJOOS, DORES ABDOMINAIS E MOLESA, PERDEU MUITO PESO. JUNTO COM O DIAGNÓSTICO DE CA GASTRICO ELA TEVE INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA PRECISANDO FAZER HEMODIÁLISE 3 VEZES NA SEMANA, AINDA ESTA AGUARDANDO PELO O TRATAMENTO DA RADIOTERAPIA.
    TEM SIDO UM APRENDIZADO CONSTANTE PARA TODA FAMÍLIA, MAIS COM FÉ EM DEUS VAMOS CONSEGUIR SUPERAR ESSAS DIFICULDADES. FORÇA PARA QUEM ESTIVER PASSANDO PELO MESMO PROBLEMA POIS NÃO É FÁCIL.

    ResponderEliminar
  36. Oi Andrea,dia 4 de novembro vou fazer 9 meses de gastrectomia,tive complicacões no pós operatório.Fiquei acamada por 73 dias e fiquei mas 2 meses em casa sem poder me locomover por causa da coluna.Não bastando fiz a 1 mes atrás uma laparotomia exploratoria ou seja abriram meu abdomén para ver porque eu estava sentindo tanta dor no abdomén que inrradiava para as costa.Eu estava com aderências no intestino e o mesmo estava grudado.Bom ainda estar difícil para mim encarar essa realidade,ainda não me adaptei com essa nova vida,sinto muito desconforto no abdomén.Infelismente após minha cirurgia não tive orientações correta.Estou com Dumping já perdi até hoje 23ks.Apesar de tudo agradeço a Deus por mas essa oportunidade de viver,de ver meus filhos crescerem.Graças a Deus por ter encontrado o seu blog,pude perceber que não sou a única ter feito a gastrectomia,que muitas pessoas sofreram e sofrem.Me indentifiquei muito com seu depoimento e a primeira vez que leio depoimentos de pessoas gastrectomizadas,e estar me valendo de grande ajuda,agradeço a Deus por ter encontrado o seu blog e que ele continue abençoando você e a todos que passaram pelo o mesmo problema,gostaria de ter contato com mas algumas pessoas,meu email é suzana.macedo63@hotmail.com.Obrigado Andrea e a todos que compartilharam a sua história.Fiquem com Deus.

    ResponderEliminar
  37. olá Andreia sou Daniel Cardoso também fiz uma gastrectomia total em 17|08|2004 em Portimão pois também tenho o problema de tudo que tiver lactose não posso comer, e não só, tive que fazer uma aprendizagem do que podia ou não comer, hoje as coisas já estão muito melhor já identifiquei uma serie de coisas que devo evitar como exemplo: frutos secos amêndoas, amendoim, avelãs,caju figos, dificultam-me a digestão e não me sentia bem, as saladas embora coma mas pequenas quantidades, a fruta tem de estar madura,as refeições bem cozidas, e como de preferência tudo passado,etc. hoje passado 7 não posso dizer está tudo bem, porque nada será como antes, mas dá para viver razoavelmente, ainda trabalho e faço o meu dia-a-dia embora com algumas crises pelo caminho mas o que é preciso é coragem e muita força de vontade e muita fé em Deus e tudo resolve

    ResponderEliminar
  38. Olá, eu sou a Mara, minha mãe fez gastrectomia total a 8 dias, o caso dela é o mesmo que o seu. Ela ainda está no hospital, mas graças a Deus a recuperação está sendo muito boa, hoje a dieta pastosa foi liberada e ela reagiu muito bem a primeira alimentação. Estamos com muita fé em Deus, porquê ele tudo pode. Ainda temos algumas dúvidas que você possa ajudar... Você precisou fazer quimioterapia depois da cirurgia? Quero deixar meu depoimentos para todos que estão passando por isso, quando descobri que minha mãe estava com um tumor meu mundo caiu, mas hoje aqui ao lado dela no hospital vendo ela se recuperando mais a cada dia, a minha fé aumenta a cada dia. Deus é muito bom e é nisso que precisamos acreditar.
    Parabéns pelo blog, pode acreditar que ele está ajudando muitas pessoas. Deus abençõe sua "Nova Vida".

    ResponderEliminar
  39. Olá, estou passando pelo mesmo problema, mas estou desesperada tem 1 mês que meu marido descobriu a doença nao sei o que fazer.
    choro muito todos os dias.As pessoas,os amigos todos tentando nos acalmar, mas parece que é o fim.só pesso a Deus que abençõe minha familia.
    preciso de muita coragem e força para enfrentar tudo.tenho muita fé em Deus.

    ResponderEliminar
  40. ola andreia, meu marido tambem fez gastrectomia a 57 dias, ele teve varias complicaçoes no pos operatorio, teve uma fístula no ligamento do esofago com o jejuno,aonde foi colocado um dreno, o que fez com que ele ficasse 47 dias sem ingerir nada via oral,emagreceu 32 quilos, teve alimentação parenteral e enteral, so a 10 dias ele começou a se alimetar com dieta liquida e somente a uma semana voltamos pra casa, pra ele ta dificil de se adaptar a essa nova vida, me identifiquei muito com todos que passaram por esse procedmenton e que ainda vao passar, pois nao e facil receber esse diagnostico de uma hora pra outra, nao e facil de aceitar, mais como todos, tambem acredito em DEUS, e se nao fosse por Ele, acho que meu marido nao estaria aqui, pois passou por varias complicaçoes no hospital, e se hoje estamos aqui, foi porque Deus, nos sustentou ate aqui, e nao deixou que nos faltasse nada. Ainda nao sei o que esta por vir, mais gostaria muito de continuar em contato, com as pessoas que assim como eu, estao passando por isso, gostaria de ter mais informaçoes a respeito, pois a cirurgia dele ainda e muito recente, as vezes ele sente algumas coisas que nao sei se e normal, por isso gostaria muito de ta trocando emails sobre o assunto, meu email e: hmnelo@hotmail.com. Parabens pelo blog, com certeza esta ajudando a muita gente. Força para todos, que estao passando pelo mesmo problema.

    ResponderEliminar
  41. Estive fazendo uma pesquisa na internet de como é a vida de quem faz uma gastrectomia total e por acaso lí os depoimentos aqui relatados. Minha mãe passou por esta cirurgia dia 11 há tres dias, e ela está se saindo muito bem do pós operatório até hoje, graças a Deus, e tenho certeza e muita fé que ela se sairá muito bem dessa o que não é facil pra ninguém. Peço a voces que tambem passaram por isso que acima de tudo tenham muita fé e paciencia, calma pensamento positivo eu tenho certeza que Deus estenderá a mão para todos nós que somos seus filhos. Não desanimem e não achem que o mundo acabou pra vocês, porque aqui nesta vida todos nós temos problemas e situações que temos de enfrentá-las e super-a-las. E lembrem-se Deus sempre e sempre estará do seu lado, acredite nisso que tudo vai dar certo. Eu conversei com várias pessoas de várias idades que fizeram esta cirurgia e elas estão sobrevivendo praticamente normais.São pessoas que já fizeram esta cirurgia há 5 anos 10 anos 20 anos Então muita fé porque com certeza voces também vão se recuperar muito bem.Só pra lembrar, por Deus ,por você, por seu marido,por sua esposa, por seus filhos, filhas,pai,mãe paciencia e não desanimem ELE estará sempre e sempre do seu lado

    ResponderEliminar
  42. Olá,
    Sou a Mara e resolvi escrever novamente, pois hoje completa 18 dias que minha mãe fez a cirurgia devido a um tumor maligno descoberto em um exame de rotina. A recuperação dela está sendo muito boa graças ao nosso bom Deus.
    Ela recebeu dieta pela boca após o 8° dia, recebeu alta no 11° dia. E desde que esta em casa tudo que comeu não fez mal nenhuma vez. Ontem saiu o resultado da biopsia, amanhã vamos ao médico para verificar se será necessário tratamento com quiometerapia. Quero muito manter contato com pessoas que já passaram ou estão passando por isso. Meu e-mail é: mcristinafortunato.mf@gmail.com

    Abraços e confiem sempre em Deus, ele pode tudo e a fé remove montanhas!

    ResponderEliminar
  43. Ola pessoal meu nome e Isac,moro na cidade de Aracati no estado do Ceara,tenho 47 anos, fiz a retirada total do estomago no dia 27 de julho de 2011, portanto estou completando 4 meses da gastrectomia.Colegas o que tenho pra dizer paras vocês é o seguinte: o fardo é bastante pesado, só sabe o peso quem o carrega, mas é preciso ter força de vontade e muita fé em Deus, pois ele sabe de todas as coisas e jamais desampara seus filhos.Já estou fazendo quimioterapia e vou comerçar também a radioterapia, perdi bastante peso, atualmente estou com 51kg tenho 1,74 de altura, confesso a voçes quando me olho no epelho sinto vontade de chorar, mas tenho de me controlar, o mais importante nesse momento é o apoio dos familiares, parentes e amigos que lhe dão força para seguir lutando e sonhando com dias melhores.No que diz respeito a minha dieta é o seguinte: como quase tudo(carne, frango,peixe de agua salgado,biscoitos,sorvete,mel de abelha,batata doce,macaxeira,cenoura,beterraba,frutas(menos as citricas) e agua de cocô)confesso que algumas misturas não me caem bem(provoca muitos gazes)quando isso acontece não repito mais. Uma dica para quem tem problema com lactose, procure ingerir leite de soja sem lactose, pois o teor de calcio e proteinas são os mesmo do leite de vaca alem dos beneficios já conhecidos da soja.Eu uso o supra soy é um pouco mais caro mas vale a pena, uso no mingau e vitaminas batidas no liquidificador.Bem colegas espero ter contribuido de alguma forma, vamos ter fé em Deus, pois tudo na nossa vida é passageiro. Um abraço forte a todos, tchau.

    ResponderEliminar
  44. Olá pessoal meu nome é Isac tenho 47 anos, estou com 4 meses que fiz a gastrectomia total,já estou fazendo as sessões de quimioterapia.Pessoal realmente é um processo muito doloroso tanto para quem esta doente, quanto para os familiares, mas com fé em Deus e muita força de vontade e possivel superar os obstaculos que são muitos.Tenha sempre perto de voçe pessoas que lhe transmitam palavras de otimismo, fé e coragem,procure focar seus pensamentos e coisas boas. Hoje já estou comendo quase tudo moderadamente( carne, frango, peixe, massas, batata doce, macaxeira,frutas (menos as citricas)bebo bastante agua de coco e agua natural, leite integral) dica para quem tem problema com a lactose, procure consumir leite de soja sem lactose, pois tem o mesmo teor de calcio e proteinas alem dos beneficios da soja.Eu uso o supra soy é muito bom. Pessoal vale a pena lembrar que os alimentos devem ser preparados com bastante higiene para se evitar
    infecções indesejadas. Bem pessoal essa e minha contribuição, como muitos já falaram é possivel levar uma vida normal na medida do possivel sabendo das nossas limitações.Termino meu comentario dizendo o seguinte: só se escala uma montanha dando o primeiro passo. Tchau um beijo no coração de todos!!!!!!!

    ResponderEliminar
  45. BOA TARDE ANDREIA LI SEU BLOG E ACHEI O MAXIMO VC CONTAR TUDO QUE PASSOU,ISSO SERVE PARA AJUDAR MUITAS PESSOAS.EU DESCOBRI UM TUMOR NO ESTOMAGO ENDOCARCINOMA FOI UM PESADELO PRA MIM POIS TENHO 33 ANOS E 2 FILHAS UMA COM 2 ANOS E MEIO E A OUTRA COM 6 ANOS E MEIO.FIZ A CIRURGIA EM MARÇO E FAÇO QUIMIO ATÉ EM FEVEREIRO.O QUE MAIS ME DÓI É OLHAR NO ESPELHO E VER QUE PERDI A MINHA IDENTIDADE POIS PESAVA 58 QUILOS E HOJE PESO 48 SERÁ QUE VOU VOU ENGORDAR DEPOIS QUE PASSAR TD ISSO?VC CONSEGUIU ENGORDAR?ME DIGA PRECISO OUVIR PESSOAS QUE TBM PASSARAM POR ISSO PARA CONTINUAR TENDO MAIS CONFIANÇA AS VEZES FICO EM DESESPERO ACHANDO QUE NUNCA MAIS VOU TER A MINHA VIDA DE VOLTA.ESCREVE PRA MIM MEU E-MAIL É araceliappereira@ig.com.br.UM GRANDE BEIJO E FIQUE COM DEUS!

    ResponderEliminar
  46. Olá Bom DIa.. Ja postei uma vez nesse blog a cerca de 2 meses atras, meu Nome é ROberto tenho 23 anos sou de Natal/RN e fiz gastrectomia total há 3 meses em decorrência de um Câncer de estomago, hoje quero deixar um depoimento de esperança para as pessoas, pois passado esse tempo ja voltei a minha vida normal, estou trabalhando e comendo bem.. algumas restrições e enjoos ainda tenho mais o importante que estou aqui para contar a minha historia e agradecido a deus por mê dar a chande de viver de novo.. por isso vc que fez ou vai fazer e/ou tem algum familiar quero dizer que não é fácil mais que no fim dar tudo certo.. a gente só sabe a força que tem quando a unica alternativa é ser forte.. pense nisso... meu Email é betommatias@hotmail.com qualquer duvida estou pronto para ajudar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Roberto, que bom ler seu depoimento, dá coragem e esperança...minha fez gastrectomia há 15 dias e sente mta fraqueza e não sente fome...foi assim com vc no início?

      Eliminar
  47. Pessoal, muito legal ler as opnioes e tambem quero deixar meu depoimento e experiencia. Tenho 50anos e fiz gastrectomia total a 6 anos. Uma coisa meu medico falou e eh a pura realidade. Em 1 mes voce estara de um jeito , em 6 meses melhor , em 1 ano melhor ainda ...e assim por diante. Tive os mesmos problemas que a maioria, fiquei 6 meses em casa, rejeitava praticamente tudo que tentava comer, nos primeiros meses...mas aos poucos esse sintoma foi passando. Operei tinha 81kg , qdo sai do hostital cheguei a pesar 67kg...hj estou com 75kg e estabilizados( a praticamente 4 anos). O que posso dizer é que esse pos operatorio eh de constante melhora. Hoje em dia como tudo que quero (em qtaddes menores logicamente), voltei a trabalhar normalmente (6 meses apos cirurgia) fazer exercicios etc. A unica coisa que ate hj nao faço mais eh beber durante ou logo apos as refeiçoes.
    Quero passar a todos que acreditem na sua recuperaçao por mais demorada que ela possa ser, confiem em Deus que ele pode tudo.
    Boa sorte a todos nas suas respectivas recuperaçoes ...temos que ter paciencia e apos essas provaçoes com certeza devemos ser melhores seres humanos e darmos mais valor as coisas e as vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seu depoimento nos encoraja Luiz, escrevi há pouco para o Roberto acima perguntando se ele teve os mesmos sintomas de minha mãe, que fez a cirurgia há 15 dias e está com mta fraqueza e come mto pouco, o médico pediu pra ela não ficar 1 min deitada...mas a fraqueza não deixa, foi assim com vc no início? CMOB

      Eliminar
  48. Olá! Nos casos aqui relatados, alguém teve de fazer tratamentos de quimio e de radioterapia? O meu pai teve de fazer gastrectomia total, devido a diagnóstico de cancro. Foi operado há 3 meses. Já perdeu muito peso e, com os tratamentos, tem sentido dificuldade em alimentar-se. Tem sentido inúmeras dificuldades em beber água. Aconteceu isto com alguém?

    ResponderEliminar
  49. claro que sim. No meu caso os tratamentos foram anteriores à gastrectomia mas a maioria dos casos os tratamentos são posteriores. A cirurgia ainda foi muito recente e por isso tem de passar pelo processo de adaptação à alimentação, primeiro líquidos depois pastosos e mais tarde sólidos.
    É tudo um processo em que tem de se ter muita calma e muita força porque depois recupera-se algum peso. Se quiser envie-me um mail com as suas dúvidas para o poder ajudá-lo e esclarece-lo:
    porqueacreditare@gmail.com
    Obrigada
    Andreia

    ResponderEliminar
  50. Olá a todos!
    Sou de Vila Velha/ES, Brasil, também fiz gastrectomia total foi no dia 01/07/2011. Não foi necessário no meu caso quimio, nem radio, devido o tumor ter sido descoberto no inicio e o mesmo não ter se infiltrado em outros órgãos. Posso dizer que estou bem, apesar de ainda ter muito cansaço e às vezes enjoos.
    Como de tudo, moderadamente, é claro. Os doces muito açucarados me dão gases e enjoos, assim como leite integral. Tenho muita fome a noite, de manhã basicamente forço para comer. Quanto aos liquidos, os sucos, vitaminas, caem bem, já a água é um pouco estranho, me dá um pouco de incomodo, não sei se é por chegar muito rápido ao intestino, mesmo eu tomando em pequenas doses.
    Amigos, devemos ter força e fé. Na vida a gente se acostuma com tudo. São fases, e Deus nunca dá um fardo ao qual não podemos carregar. Grande abraço Roberta.

    ResponderEliminar
  51. Olá pessoal.

    Sou a Mara e estou novamente deixando meu depoimento. Minha mãe fez gastrectonomia total a 02 meses. Ela fez a 1º sessão de quimioterapia, essa foi a parte mais dificil até agora, a quimio deixou ela muito mal, teve até que internar, pois a imunidade dela baixou muito, mas graças a Deus já recebeu alta e já está se sentindo muito melhor, já voltou a comer nomalmente, agora estamos esperando a 2º sessão, mas se Deus quiser essa será mais fácil.

    Tenho fé que tudo isso é uma fase que vai passar e tudo isso servirá de testemunho.

    Tenham força que tudo irá ficar bem com cada um de vocês irá passar por tudo isso, pois DEUS está ao lado de vocês. Confie nisso.

    Fiquem com DEUS.

    Mara

    ResponderEliminar
  52. Meu nome é Marisa, meu marido terá que fazer gastrectomia e eu ainda não contei á ele o motivo.Ele acha que é uma ulcera.Alguem pode me ajudar? eu devo contar pra ele antes da cirurgia que ele tem um adenocarcinoma de estomago?estou tentando lhe poupar sofrimento, mas está dificil.Ja faz dois meses que estou sofrendo sozinha...

    ResponderEliminar
  53. Ola Marisa, acho que isso vari de medico para medico. Mas digo que no meu caso ele foi bem claro desde o inicio dizendo a gravidade da situaçao os riscos da operaçao de tudo mais. Foi dificil para mim , inicialmente tive a fase da negaçao de nao querer operar pq me sentia normal e nao era possivel que eu tivesse cancer. Mas aos poucos fui encarando de frente o problema. A unica coisa q o medico exegiu foi que apartir do dia que eu recebi a noticia eu nao fosse mais as consultas sozinho e depois eu entendi porque. Vc fica completamente aereo e nao presta atençao em nada do o medico fala. Entao meu irmão passou a me acompanhar......eu acho que a melhor forma sera contar a verdade a ele. As unicas pessoas que eu poupei da noticia da minha doenca no inicio foram meus pais pela idade avançada....mas no dia da operaçao eles souberam. Temos que encarar oproblema de frente e sermos corajosos...pois isso vai fazer todos nos que passamos por esse obstaculo pessoas melhores e sempre otimistas. Espero ter ajudado. Acho que no fundo ng tem medo de morrer mas sim de sofrer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luis, obrigada pelas tuas palavras, mas até hoje não consegui contar pra ele que ele tem CA.A cirurgia foi marcada para o dia 26/01 e estou bastante angustiada vendo o dia chegar.Deus queira que dê tudo certo.
      Marisa.

      Eliminar
  54. Olá, adorei seu blog. Minha mãe foi diagnosticada com tumor no estomago, só q afetou uma parte do pancreas também. A 2 dias ela fez uma cirurgia para isolar o estomago, depois vai fazer quimio para tentar curar o da pancreas e só depois tirar o estômago totalmente.
    Ela está vomitando tudo que ingere, isso aconteceu com vc também???

    ResponderEliminar
  55. Olá pessoal, meu nome e´Arlete, sou de Belo Horizonte,MG.(leletemirinda@gmail.com).Fiz gastrectomia total em março de 2010,pela descoberta de um câncer bem inicial,não precisei fazer nem radio nem quimio,felizmente,me sinto bem,ou melhor quase bem, pois tenho dumping quase toda hora,procuro alimentos que não possuam açúcar,derivados de leite também devem ser evitados.Procurei uma nutricionista que me deu uma dieta rica em proteinas o que me agravou o quadro de pedras renais que já existia,porém agora se tornou constante.Já fiz cerca de 15 cirurgias para retirá-las. Perdi 32 quilos,tive reação alérgica aos medicamentos para enjoo e quase fiquei em coma após uma destas cirurgias,mas graças a Deus estou viva e vou continuar lutando.Pesava 56 quilos e hoje estou pesando 38, Fazia academia de ,musculação e natação,Não consigo mais fazer exercícios pois sinto muita fraqueza;fraqueza esta que está aumentando cada dia mais, tomo as injeções de B12 e procuro me alimentar bem, com calma e dentro do que dou conta de comer ou beber.Tenho 60 anos e quero chegar aos 100 ou mais se Deus assim o permitir porque eu apesar de magra, de não me sentir fisicamente tão linda cono antes,pois recebia elogios o tempo todo por ter 58 e parecer ter 38 de verdade mesmo. Bem é o que diziam. Outro dia entrei em um banheiro no shopping e uma mulher deu a entender que eu esta com aids,fiquei nervosa e disse a ela que era uma vencedora e tudo que havia feito para chegar ali e que mesmo que tivesse aids não passaria para ela ou outra pessoa qualquer só em usar o mesmo banheiro e desejei que Deus a protegesse de tamanha ignorância.Sei que vou ficar bem e ver meus filhos sorrirem bem felizes novamente.Sou muito amada por eles, o que faz muito bem,o nome deles é Rômulo e Aline e este carinho só me ajuda.Acho que estamos todos no mesmo barco,mas não vamos deixá-lo afundar! Tudo na vida tem jeito, só não se ajeita o que não queremos.Aquela velha frase do pau que nasce torto,é mentira, pois podemos conserta-lo, dando a ele um novo caminho para seguir, ele segue e se acerta.Beijos a todos. As dores são fortes,mas nós mais ainda.

    ResponderEliminar
  56. Como a maioria das pessoas tbém vim parar aqui por acaso. Estava pesquisando na net sobre a vida dos gastrectomizados total e encontrei seu blog. Meu esposo tem trinta anos, não bebe, não fuma, sempre cuidou da alimentação, faz musculação na academia desde 2006 e ha quinze dias descobrimos que ele está com cancer de estomago ao fazer uma endoscopia de rotina. A cirurgia provavelmente vai ser domingo (dia cinco de fevereiro). Meu esposo está mt otimista, em nenhum momento demostrou medo. Eu fiquei mt abatida e com mt medo qd peguei o resultado da biópsia. O médico oncologista que vai fazer a cirurgia disse que provavelmente terá que tirar todo o estomago. Por mais que eu tenha ficado com medo, agora me sinto mais segura, depois de ler esses depoimentos. Depois da cirurgia vou postar novamente dando noticias, pois sei que Deus vai ajudar a dar tdo certo. Força a todos e parabens pelo blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar da pouca idade , hj em dia o grande percentual de cura de cancer se da qdo o diagnostico é precoce.Qdo fui diagnosticado tinha 44anos e achava impossivel ter cancer com aquela idade. Entao fique otimista mesmo se o medico optar pela gatsrectomia total (no meu caso ele optou devido a localizacao do tumor), depois da operacao de inicio fiquei um pouco decepcionado devido a perda total do estomago, achava q seria melhor se ele deixasse uma parte. Mas o medico disse q fez a gastrectomia total apostando numa cura, coisa que relmente hj apos 6 anos posso considerar que foi correto. Lembrem-se sempre que a recuperacao e um processo lento mas que essa melhora sera visivel mes a mes. Perda de peso inicial(devido a incapacidade de se alimentar sem rejeitar) sao sintomas frequentes mas que com o tempo tendem a desaparecer....a B12 deve ser regulada com injecoes a cada 2 ou 3 meses...e tb precisei verificar a falta de ferro que tb comecei a fazer reposicao semestral...ou seja nada demais considerando que hj em di trabalho pratico esportes (voltei a surfar apenas 2 meses depois da cirurgia) e como de tudo normalmente.....e mantenho meu peso de 75-77kg a 3 anos. Boa sorte na cirurgia pra vcs...e vao com Fe que tudo dara certo. Tem que encrar de frente e superar a provacao.
      Abc

      Eliminar
  57. olá amigos somos sou claudia 38 anos baiana e cheia de fé graças a deus estou me recuperando de uma gastrectomia total devido a um ca gastrico hoje tem 36 dias de cirurgia e garanto a todos com o senhor na frente podemos tudo nao é facil mas possivel sim estou me adaptando a nova rotina de alimentaçao pesava 75,5 já perdi 9 kg mas é assim mesmo tenho certeza que já sou uma vencedora adorei esse blog e um abraço e muita forca a todos que se encontram nesta situaçao e lembrem sempre deus é nossa força maior e com ele em nossas vidas tudo já deu certo bjsss a todos

    ResponderEliminar
  58. OI querida! Tanmbém fiz essa cirurgia há 8 meses, em virtude de um tumor malígno, e estou muito bem, só que ainda não consegui ganhar peso. De 70 kg parei nos 50, e luto bravamente pra engordar. Queria saber se vocês conseguiu engordar um pouquinho para que eu possa ter um pouco de expectativa, pois não suporto essa magreza. No resto, tive muita sorte, como de 2h/2h, como de tudo e nunca tive nenhuma síndrome. Nesse quesito fui muito abençoada. Muito bom te conhecer mesmo que seja virtualmente e gostaria de trocar ideas sempre que possível. Segue meu email: mirrele.bulmini@hotmail.com. Grande abraço

    ResponderEliminar
  59. Olá!O meu nome é Martha. Fiquei interessada com a sua história pois a mim também fizeram-me uma gastrectomia total no dia 10/11/2010 com 38 anos de idade. Foi diagnosticado um adenocarcinoma gastrico ou seja um cancro muito agressivo. Pouco tempo depois fiz quimio e radioterapia em simultaneo pois ja tinha metasteses em 8 dos 27 ganglios que me foram retirados. Fique muito mal e só me davam 6 meses de vida. Perdi 28 quilos e fiquei muito fraca,sem forças para andar e... deixei de engolir até a minha própria saliva pois os tratamentos foram muito agressivos, dada a minha situação e queimaram o esófago...não foi fácil mas nunca desanimei...Recuperei 3 kgs...na minha alimentação tenho algumas restriçõs e sufro de sindrome de dumping... hoje até os próprios medicos acham que sou um testemunho vivo que os milagres existem! Com fé tudo podemos...nunca tive medo...apenas imaginava-me diante do medico onde ele dizia-me: Martha estás curada! e foi nessa afirmação que me agarrei! também fiz outra coisa: dizia todos os dias "EU ME AMO E ME ACEITO!" Pedia a Jesus que me curasse com o seu sangue! hoje passado 16 meses estou aqui bem (dentro da medida do possível)dando o meu testemunho que se eu consegui tu também consegues! DEUS AMA-NOS! Não duvidem nunca do poder de Deus em vocês! AMO A VIDA! Para todos desejo-vos SAUDE! PAZ!LUZ! E MUITA FORÇA! o meu email é martharamossilva@hotmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Martha, meu nome é Arielle, e tenho 31 anos.Que bom ver testemunhos como o seu!!! Passei tb por uma gastrectomia total por causa de adenocarcinoma gastrico e estou em quimioterapia. Fiz a cirurgia no dia 27 de junho de 2012. Com toda esta turbulencia de cirurgia e tratamento perdi muito peso. Pesava 55kg e agora peso 43kg. Agradeço muito à Deus por estar viva pois tenho um filho de 6 anos e no principio tive muito medo. Mas minha fé foi maior. Sempre pensei positivo e não desanimei. Coloquei Jesus na frente e sigo bem. Não tive dumping e como muito... mas não consigo recuperar meu peso acho que ainda seja por causa da quimio. Mas é tão bom o que a Andreia tem postado e todos os outros aqui. Me sinto como um peixe fora dágua, esta cirurgia infelizmente é pouco falada e comentada no Brasil e sempre que preciso ir a algum hospital parece que os médicos tem até medo de me consultar...aff... Bom no mais gostaria de saber como vcs gastrectomizados andam ganhando peso. Meu e-mail é ariellebaragli@yahoo.com.br e que Deus abençoe a todos e vc Martha que esta se mostrando uma guerreira assim como todos nós. Bjos

      Eliminar
    2. Ah. Andreia posso te enviar um e-mail?? Arielle

      Eliminar
  60. bom dia aqui é Eni moro em jaguapita pr a ¨6 anos passei poruma gastrectomia total, graças a Deus hoje estou bem meu medico dr celso koite makeoca foi um anjo na minha vda e tdos os profissionais do hosp.antonio prudente de londrina.um abraço que Deus te proteja muito muita força bjusss eni almeida reis.

    ResponderEliminar
  61. andreia eu tambem fiz gastrectomia total faz um ano e meio gostaria de me comunicar com vc meu nome è ANA LUCIA meu email ana-fora@hotmail.com. bjus

    ResponderEliminar
  62. Ôi, meu nome é Milene, também fiz gastrectomia total em 13/02 desse ano, devido a CA gastrico. É realmente um exercício de paciência essa fase de adaptação, pois sua vida gira em função da dieta. Ainda não voltei a trabalhar, mas fico imaginando como será, tendo de comer de 2//2 a 3/3h. Pior é que tem de comer devagar, não pode comer de tudo, é complicado. Tenho muita flatulência, incomoda mesmo. As vezes diarréia, mas nunca sei porque.Não sinto fome, então normalmente como por necessidade, tentando não perder horários, pra poder recuperar peso (perdi uns sete kg até agora), sem êxito.Apesar de tudo sinto melhora em relação aos primeiros dias, mas tudo muito lento. Não me adaptei a nenhum dos suplementos prescritos: IMPACT, ENSURE, NOVA SOURCE... todos me causaram diarréia.Minha dieta: frutas, maduras e sem casca (menos as cítricas ou laxantes), inhame ou cará, carne moida com soja, frango, peixe, feijão macassa, arroz, macarrão, leite de soja, basicamente. Tenho fé em Deus que vai melhorar e o pior já passou. E vamos em frente!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Milene,
      Vai passar sim! Creia! Procure comer coisas para crianças (bebês), danoninho por exemplo, tem calcio e ajuda bastante.
      Com o tempo conseguirá comer um pouco mais rápido, "terá sensação de que tem estomago" e fome, pois esta (fome) tb não é só mecânica mas tb psicológica.
      Fique com Deus.
      Abraço, Roberta.

      Eliminar
  63. Amei, seu blog realamente e quando a gente ver quantas pessoas devidindo o mesmo problemaQquem já passou quem esta passando.
    Pois vim aqui também dá meu depoismento: Fiz uma gastrectomia total a 4 meses e alguns dias,pois tenho que relatar aqui as dificuldades na qual passei,no ínicio e tudo muito confuso e dificil pois a estadia no hospital durante 8 dias..parece que os dias não passam depois vem a questão da alimentação,em se alimentar devagar e pouco e poder selecionar todos os alimentos e etcc.. dentre outras dificuldades so tive por alguns meses o Danping...mais com ajuda de nutricionista graças a Deus estou bem.
    Antes da cirurgia pesava 52 kilos hoje estou com 42 kilos quando me olho no espelho me sinto super mal,mais mesmo assim agradeço a Deus a dadiva de esta viva e não precisei faze nem Quimio nem radio pois o tumo era inicial.Gostaria de saber se alguém conseguiu adquirir peso e de que forma.Amei seu Blog.

    ResponderEliminar
  64. Ôi gente,postei a primeira vez em 1 de abril,e volto hoje, com 66 dias de gastrectomia total. Percebi melhoras em algumas coisas,como aceitar o suplemento IMPACT sem ter diarréia. Comecei a tomar mais lentamente e bochechando. Isso mesmo, misturo bem o líquido com a saliva e assim estou aceitando bem. É importante demais umedecer bem o alimento com a saliva e triturá-lo bem com os dentes antes de engolir. Assim tô evoluindo sem diarréia, ainda estou perdendo peso, mas menos que antes. Já andei fazendo extravagâncias como comer chocolate e não tive nada. O que não melhorou foram os gases e, as vezes, "entalo", o termo é esse mesmo, enquanto estou comendo.Dói muito e só melhora quando consigo arrotar bastante, então tento terminar de comer. Não voltei a trabalhar ainda e fico pensando como vai ser, pois sou enfermeira e não paro um minuto no plantão. Obrigada Roberta pela força, que postou dia 09 deste mês, respondendo minhas dúvidas.Agora esse negócio de ganhar peso, tem de ter um apoio de nutricionista e bom senso. Tem de comer o que não lhe faz mal, não lhe causa diarréia/ dumping e mastigando bem para poder ser melhor absorvido pelo intestino. E é isso gente, com paciência dá pra vencer essas dificuldades. Acho muito importante acreditar (ter fé), não desanimar, pois o equilíbrio emocional é muito importante. Digo isso pq sempre fui muito pra cima, mas nesse período tive muitos momentos de tristeza, falta de paciência e isso atrapalha muito. Tô mais tranquila agora e confiante. Bjs.

    ResponderEliminar
  65. Meu nome é Lucas,44 anos. meu email lucas33sp@hotmail.com
    descobri o cancer de estomago em set de 2011 e no principio foi um tirono pé. Moro na cidade de Santos e procurei atendimento na cidade de São Paulo. Fiz 23 aplicações de radioterapia e 5 aplicações de quimioterapia, depois foram 40 dias de descanço e dia 02 de janeiro fiz a gastrectomiatotal. Se alguém precisar de umaindicação de cirurgião indicoo Dr. Pedro Luiz Bertevello da Beneficência Portuguesa em São PAulo. A cirurgia foi realizada no Hospital São José em SP também. Esse protocolo chama-se CROSS.
    Hjfaz 4 meses e além decólicas tenho muitas dores nas costas também, que segundo o cirurgião pode ser reflexo da cirurgia.
    A adaptação aa alimentação não é fácil, mas um dia passa. o importante é estar vivo. tenho1,80 m pesava 105 kilos. hj tenho 88 k e me sinto muito melhor por estar mais magro.
    Deixo meu email aa disposição lucas33sp@hotmail.com

    ResponderEliminar
  66. Meunome é Lucas, 44 anos e estou escrevendo de novo. Jáconteium pouco daminha vida no item anterior. Sou muito otimista, mas queroquestionar algo com voces. Tenho a certeza de que que vamos viver muito ainda, mas tenho a certeza tb de que nunca mais seria o mesmo no que se refere a saúde disposição e a vontade, a gana passa a ser agora administrada.
    No meio de tanta injustiça e corrupção que vemos todos os dias, meuentendimento é de que voltar aotrabalho deve ser uma opção e não uma obrigação. Entende que devemos lutar pela aposentadoria, uma vez que nenhum médico pode afirmar a cura total.

    Gostaria de saber a opinião de vcs, pq eu estou muito feliz por estar vivo, mas sinto muito cansaço, indisposição e o quedevemos evitar também são os aborrecimentos que são impossíveis de não tê-los nessemundo competitivo e exigente.

    Aguardo sua opinião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lucas, eu fiz gastrectomia total a 6 anos e me sinto bem. Sugiro que vc veja com seu medico :
      1. Reposiçao de vitamina B12 (eu fço de 3 em 3 meses via injeçao)
      2. Nivel de Ferro , (eu tb passei a fazer reposicao anual)

      Eu tinha 81kg antes de cirurgia cheguei a ficar com 68kg e hj em dia tenho 75kg ja tem mais de 3 anos. Me sinto bem para fazer esportes normalmente. As vezes sofro de dumping mas coisa passageira. Espero ter ajudado com esse pequeno relato.
      Abcs e boa sorte

      Eliminar
  67. Oi Andrea,

    Eu me chamo Mara, já deixei algumas mensagens.
    Fazem 06 meses que minha mãe foi diagnosticada com cancer no estomago, 1 semana após o diagnostico fez a cirurgia de gastrectomia total, ficou internada 12 dias, mas graças a Deus se recuperou bem. Após 30 dias da cirurgia iniciou o tratamento de quimioterapia, essa foi a fase mais dificil, ela passou muito mal, eu me sintia ipotente por ver ela tão mal e não poder fazer nada. Fez 04 sessões e iniciou a radioterapia. Durante as sessões de radio, iniciou uma bateria de exames, e a tomografia identificou uma massa cistica de 12 cm no ovário, então a oncologista pediu para procurarmos o cirurgião o mais rápido possível para realizar uma nova cirurgia para retirada dos cistos. Procuramos o mesmo cirgurgião que fez a gastrectomia, então dia 20/04 ela passou por uma nova cirurgia onde foi retirado os ovários as trompas e o apendice. Ontem pegamos o resultado da biopsia e infelismente não tratava-se de um cisto e sim de um tumor maligno no ovário que é originado do estomago, estou com o coração muito apertado, amanhã vamos ao médico para ver o tratamento daqui pra frente. Mas de uma coisa eu tenho certeza "Ela vai ficar bem", porque DEUS não faz uma obra pela metade. A luta pode estar sendo grande, mas a Vitória será ainda maior.
    PENSEM ASSIM SEMPRE...
    DEUS abençõe todos que estão passando por situações dificies, e nunca se esqueçam DEUS está ao nosso lado sempre..

    Fiquem com Deus!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É difícil...mas vai passar, neste momento é isso... muita fé esperança e dedicação. Torço por sua mãe e pela família. Minha mãe terminou agora o período da quimioterapia e fará os exames para avaliar a necessidade da rádio. Temos que ter paciência...tudo passa. Grande beijo
      Sandra

      Eliminar
  68. Olá Andreia,

    Eu me chamo Mara e já deixei algumas mensagens. Fazens 06 meses que minha mãe foi dignostica com cancer no estomago, 01 semana após o dignostico ela fez a cirurgia de gastrectomia total, ficou 12 dias internada. Após 30 dias depois da cirurgia iniciou o tratamento de quimioterapia, fez 04 sessões e q

    ResponderEliminar
  69. Estou com um querido amigo, ainda em fase de recuperação de gastrectomia total devido a um Ca gástrico, teve complicações nos pulmões e esta em uso de dreno torax, oxigenio, estou preocupada por ser a sua enfermeira particular e soube hoje quando fui visita-lo tudo sobre sua cirúrgia, estamos orando para que dê tudo certo e ele receba alta e retorno ao lar juntamente com seus familiares, faço tudo por amar minha profissão, nunca comprei nada para ele e outros que cuidei de Ca. de ovario e pulmão. Sempre oro porque sei que atraves da oração desaparece a distância entre o ser humano e nos aproximamos + de Deus que é o medico dos medicos.

    ResponderEliminar
  70. oi tudo bem meu nome e Raul moro no japao e a 2anos tambem fiz uma gastrectomia ,por causa de um cancer no estomago hj vivo bem e tenho uma vida quase normal,sinto alguns sintomas como vc,tenho tambem vontade chorar pois perdi muitos quilos e nw consigo recuperar,mais tudo bem hj amo a vida e todos ao meu redor ...

    ResponderEliminar
  71. oi andrea tdo bem? sabe fiz a gastrectomia total a um ano, queria muito saber se vc ficou com seu paladar e olfato comprometidos, pois noto que ja nao consigo sentir sabor dos alimentos.me sinto bem graças a DEUS PAI espero que tdos estejam bem grande abraço.

    ResponderEliminar
  72. Parabéns pela sua iniciativa, adorei sua força de vontade e maneira como está encarando essa nova fase da sua vida. Minha mãe também fez uma Gastrectomia total (faz 08 meses) e está tendo muito refluxo a noite. Você também passou por isso, tem alguma orientação neste sentido?

    Grande beijo, que Deus esteja sempre com você.

    Sandra Gohr - Santa Catarina. sandra@tempoetrabalho.com.br

    ResponderEliminar
  73. ola amiga eu vim aqui para pesquisar uma maneira de viver melhor e deparei com tantos casos enguais ao meu fiz gastrectomia total tambem e ha um mês e meio e esta a ser dificilcom a alimentação tenho muita dor sempre que como ou vai fora depois de a girirprincipalmente ao jantar porque pelo meio do jantar tenho que tomar um comprimido e com a agua me cai mal e lá vai o jantar emfim é mais um para juntar a outros tantos que se encontram aqui felicidades a todos porque vamos todos vencer beijinhos

    ResponderEliminar
  74. OI
    LI SEU DEPOIMENTO NO BLOG, E DE TANTOS OUTROS QUE ESTÃO PASSANDO POR ESSA EXPERIÊNCIA.
    MINHA IRMÃ QUE TB ERA MEU BRAÇO DIREITO E CUIDADVA DO MEU FILHO P EU PODER TRABALHAR FOI DIAGNOSTICADA A POUCO MENOS DE 2 SEMANAS COM CA GÁSTRICO. HJ FOI A GASTRECTOMIA. EU PASSEI O DIA INTEIRO NO HOSPITAL COM ELA, CHEGUEI A POUCO EM CASA.
    SOU ENFERMEIRA E A PRESSÃO POR PARTE DA FAMÍLIA RECAI TODA SOBRE MIM. EU ESTAVA BASTANTE ABALADA, MAS AGUENTANDO TUDO SOZINHA P NÃO ASSUSTAR MEUS FAMILIARES, FOI QUANDO VIM BUSCAR ALGO MAIS NA NET SOBRE O PROCEDIMENTO E ENCONTREI TANTAS MENSAGENS DE PESSOAS QUE ESTÃO PASSANDO PELO MESMO PROBLEMA. FIQUEI MUITO, MAS MUITO MAIS TRANQUILA COM O PROGNÓSTICO DELA.
    VOCÊS FORAM COMO ANJINHOS DE LUZ ENVIADOS POR DEUS NO MOMENTO EM QUE EU TANTO PRECISAVA. OBRIGADA!!!!BOA SORTE E QUE DEUS OS ABENÇOE.

      

    ResponderEliminar
  75. LI SEU DEPOIMENTO NO BLOG, E DE TANTOS OUTROS QUE ESTÃO PASSANDO POR ESSA EXPERIÊNCIA.
    MINHA IRMÃ QUE TB ERA MEU BRAÇO DIREITO E CUIDADVA DO MEU FILHO P EU PODER TRABALHAR FOI DIAGNOSTICADA A POUCO MENOS DE 2 SEMANAS COM CA GÁSTRICO. HJ FOI A GASTRECTOMIA. EU PASSEI O DIA INTEIRO NO HOSPITAL COM ELA, CHEGUEI A POUCO EM CASA.
    SOU ENFERMEIRA E A PRESSÃO POR PARTE DA FAMÍLIA RECAI TODA SOBRE MIM. EU ESTAVA BASTANTE ABALADA, MAS AGUENTANDO TUDO SOZINHA P NÃO ASSUSTAR MEUS FAMILIARES, FOI QUANDO VIM BUSCAR ALGO MAIS NA NET SOBRE O PROCEDIMENTO E ENCONTREI TANTAS MENSAGENS DE PESSOAS QUE ESTÃO PASSANDO PELO MESMO PROBLEMA. FIQUEI MUITO, MAS MUITO MAIS TRANQUILA COM O PROGNÓSTICO DELA.
    VOCÊS FORAM COMO ANJINHOS DE LUZ ENVIADOS POR DEUS NO MOMENTO EM QUE EU TANTO PRECISAVA. OBRIGADA!!!!BOA SORTE E QUE DEUS OS ABENÇOE.

    ResponderEliminar
  76. Bom dia!!!! Hoje faz 17 dias que fiz cirurgia e retirei todo o estômago, após a cirurgia fiquei sabendo que tbm foi-me retirado a vesícula.Minha recuperação vinha sendo ótima até ontem quando comecei a sentir dores fortes até provocar vomitos no qual só saiu secreções brancas, achei que tivesse sido da alimentação até que hoje novamente senti a mesma coisa e estou desconfiada que seja gases, alguém já sentiu isto? Fui ao médico e ele me deu uma ótima notícia...não irei fazer quimio nem radio. Muito feliz mais preocupada com essas dores. Força e fé em Deus todos que estão passando por esta situação pois Ele sabe de todas as coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. entao recebemos, essa grande graça de DEUS DE TERMOS ACHADO ESSA doença bem no inicio, por que nao sao tdos que tem a mesma sorte. quanto as dores se como alem da conta tbem sinto as até hoje depois de um ano de cirurgia. a minha medica disse q e normal. a gente q nao tem mais estomago, tbem nao vomita mais pois nao temos o reservatorio de alimentos, ai e essa secreçao tipo uma gosma grossa né. isso é a diarreia que da dependendo doque comemos q e nosso vomito. espero ter te ajudado, como a tdos grande beijo pra tdos nos . e vamos vencer creeiam em DEUS..............

      Eliminar
    2. Obrigado pela informação, realmente é uma descoberta a cada dia, conhecer novamente seu organismo. Estou ainda me acostumando a comer pouco e principalmente devagar que é algo muito difícil para mim, demoro tanto que a comida fica "gelada" e perco a vontade de comer. Não perdi muito peso, 4kg em 35 dias. É muito bom poder compartilhar essa experiência com vocês, estou muito feliz pelas graças que Deus me deu de estar viva e curtir a minha filhinha. Força, fé, esperança e amor para todos.

      Eliminar
  77. Como a maioria das pessoas tbém vim parar aqui por acaso. Estava pesquisando na net sobre a vida dos gastrectomizados total e encontrei este blog e me identifiquei com varios depoimentos..
    meu nome é Elza, sou de manaus, tenho 44 anos. Gostei de ler varios depoimentos sobre a gastrectomia, pois eu também fiz. Na verdade minha gastrectomia foi total no sentido de não está mais utilizando meu estomago, mas meu medico não o retirou, somente a parte do tumor realizou o by pass. Minha comida toda é processada no intestino e meu estomago fica isolado.
    Me sinto como todos que li, tenho alguns sintomas que nunca havia sentido antes, me entalo sempre e estou redescobrindo meu organismo.
    Meu caso em particular , graças a Deus , foi descoberto bem cedo e com uma endocospia por acaso, retirei o tumor do estomago e devido sua localidade o médico achou melhor bypassar o estomago e não fiz quimio, o resultado da biopsia deu ausencia de malignidade...graças a Deus.
    Estou fazendo acompanhamento médico com nutrologa, nutricionista, psicologa e o gastro. São varios remedios que tomo diariamente, tenho muito medo de engolir, pois como disse sempre tenho uns entalos e passo mal.
    estou com 3 meses de operada, pesava antes da cirurgia 67 kg e hoje estou com 54 kg, sou bem baixinha 1,48 e todos notam que estou emagrecendo.
    é muito recente e estou aos poucos me adequando a essa nova realizadae. Trabalho normal e não tenho muitas crise de dumping
    fico feliz de saber que tem varias pessoas em situações parecidas e que estão bem. As vezes esqueço que estou com limitações e quero comer tudo. Ainda não conheço meus limites, mas estou aprendendo todo dia.

    abraços a todos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Elza! Meu nome é Cilene e moro em São Paulo. Tambem tenho um tumor benigno no estomago e o medico que esta me acompanhando acha melhor tirar, mas, tenho medo de tirar o estomago por causa de um tumar benigno.
      Graças a Deus vejo que muitas pessoas que passaram pela gastrectomia total conseguem seguir suas vidas, mas com muitas restrições e limitações. Fico pensando se seria realmente necessário passar por isso.
      Descobrimos esse tumor a 10 meses e por enquanto optei por só acompanhar com endoscopia e ecoendoscopia a cada 6 meses e por enquanto não houve alteração, o diagnostico é o mesmo, Leiomioma gastrico. Fico preocupado se esse resultado é 100% confiável.

      abraços a todos

      Eliminar
    2. Olá Cilene! Sou a Andreia e vim aqui responder à tua questão porque passei por uma situação idêntica à tua. Diagnosticaram-me em 2008 um Linfoma Não Hodkings no estomâgo e desde então fartei-me de fazer endoscopias. Com os tratamentos de quimio o meu estomago ficou mutiro danificado e cheio de cicatrizes onde me surgiu um carcinoma e aí os médicos decidiram retirar-me os estomago na sua totalidade.
      O corpo é teu, a vida é tua! Infelizmente existem muitas mulheres com casos de cancro na mama na família e optam por retirar os peitos para evitar o aparecimento de tumores e terem de passar por tudo aquilo que muitas mães e avós passaram. É uma decisão que só cada uma de nós pode tomar! E assumir as consequências que essa decisão acarreta quer para o bem, quer para o mal (como tudo na vida).
      Aqui ninguém é médico. Cada um vem aqui desabafar o que lhe vai na alma, contar a sua história de vida e também dar a conhecer a realidade de uma vida de um ser humano sem o órgão estomago.
      Não concordo quando diz "Graças a Deus vejo que muitas pessoas que passaram pela gastrectomia total conseguem seguir suas vidas, mas com muitas restrições e limitações." Eu considero que tenho uma vida normal, como, danço, vou á ginástica, ... Os cuidados que temos é o que todos os humanos devem ter: alimentar-se devidamente e convenientemente sem abusar nos açucares e gozar a vida o melhor possível sem muitas lamúrias e lamentos porque graças a Deus vive-se sem estomago.
      Beijinho e boa sorte seja qual for a sua decisão.
      Andreia

      Eliminar
    3. Olá Andréia, é mt bom ouvir vc dizer da vida normal que pode-se levar após a cirurgia. O meu marido fará a gastrectomia total e tb sderá necessário retirar uma parte do esôfago pois o adernocarcinoma está localizado no cárdia (ligacão do estômago com o esôfago) . Ele fará a cirurgia na próxima segunda-feira dia 14/01/2013. estamos bem confiantesws pois a fé em DEUS é maior que tudo, faremos a ciruria em Barretos e acreditamos ser um excelente hospital . tedmos três filhas pequenas: Luana (10), Letícia (6 anos) e Lavínia de 4 anos. Pedimos para que orem por nós, pois ele é a minha vida!!!!!!! Muito obrigada por possibilitar todas essas informacões nos ajuda mt!!!!

      Eliminar
  78. Bom Dia! MEu Nome é Roberto, sou de Natal/RN, Já comentei antes no Blog com um Mês de cirurgia, hoje fazem 11 meses que fiz Gastrectomia Total, tenho apenas 24 anos.. o que tenho a dizer é que tenho uma vida praticamente normal, já trabalho, vou para festa, barzinho, mais me canso rapido pois perdi muitos nutrientes, perdi 31 kg, tenho alguns enjoos, e diarreia quando como algo como Pizza, ou algo que tenha gordura, mais estou me adaptando a todos os alimentos, so tenho muita dificuldade de me alimentar de manhã, aos que fizeram a cirurgia recentemente gostaria de Dizer que realmente o inicio é complicado, dolorido, mais que tudo passa... uma terapia ajudar muito a superar os medos, estou fazendo e indico para tudo mundo.. Força para Todos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, meu nome Maria tenho 48 anos,fui submetida a gastrectomia total em fev 2011, sou de Teresina/Pi no início foi muito difícil porque não acreditava em recuperação d jeito nenhum, tinha muita diarreia, vômitos, anemia por conta da medicação que tomava (glivec) durante um ano. Perdi 20 kg, mas hoje vivo minha vida quase normal porque tenho minhas limitações, por exemplo descobri q não posso comer queijo de maneira alguma mas é só queijo mesmo... tomo uma cervejinha de vez em quando, como de tudo q tenho vontade já comecei a ganhar muito lentamente algum peso, fico feliz em ver todos esses relatos bem sucedidos. DEUS é maior e estará sempre ao nosso lado é só ter fé. abraços

      Eliminar
  79. OLÁ meu nome é Antonio fiz Gastrectomia Total em 25-10-2011 como aconteçe em todos os casos os primeiros tres meses foi dificil hoje passados 9 meses graças a Deus já vou comendo de tudo e bebendo tenho por vezes um mau estar mas pressiza ai uns 18 meses para ficar melhor deus vai ajudar todos um pouco de calma Força e coragem o pior já passou é verdade que não mais será igual mas podemos viver com um pouco mais de restrições na comida mas Deus fará o resto Força abraço a todos

    ResponderEliminar
  80. Pessoal, fico muito feliz de ter descoberto este blog e tenho certeza que poderei contar com o apoio e as informações de todos vocês. Na verdade meu irmão passou uma uma gastrectomia total hoje cedo. No caso dele foi por efeito do Tandrilax tomado por anos a fio. O estrago foi tanto que além de duas úlceras no duodeno ele tinha vários focos de hemorragia pelo estômago, então essa foi a solução. Como ele ficará em minha casa para se recuperar, acho que os familiares também precisam de apoio para saber como ajudar a pessoa nesses primeiros dias e meses, que serão os mais difíceis. Se souberem também de outras fontes onde posso buscar informações, agradeço muitíssimo. Um abraço e parabéns a todos vocês, que são vencedores. Carmency

    ResponderEliminar
  81. Boa tarde!!! É muito bom compartilhar com vocês...Estou há 47 dias de cirurgiada e todos os dias é uma nova descoberta. O que mais me incomoda mesmo são os enjoôs e sinto mais precisamente na hora do almoço, fico como se estivesse cheia de gases e não consigo comer. O médico me passou tomografias e Graças a Deus está tudo bem, fiquei feliz por não precisar fazer quimio. Vou ficar fazendo acompanhamento de seis em seis meses. Ele tbm me passou remédio para enjoo mas quando tomo fico ainda pior na hora de comer então preferi parar. Já perdi 5kg e sei que ainda tenho muito a descobir. Hoje o que importa é que estou viva e que somos vitoriosos e abençoados por Deus. O pessoal que tem mais tempo de cirurgiados contem para nós como estão, ok? Abraços a todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. B Dia,
      Ja escrevi aqui antes algumas vezes mas eh sempre bom repetir. tenho 6 anos de de gastrectomia total e posso te dizer que como meu medico dizia a cada dia vc ficara diferente , e foi exatamnete isso q ocorreu. Passei uns 6-8meses tendo dificuldades de alimentacao e rejeitava os alimentos q ingeria algumas vezes. Um belo dia me lembro q foi a ultimas que tive que sair para ir ao banheiro rejeitar o q estava comendo no almoco, desde entao nunca mais.Hj como extamanete tudo q comia antes vou a barzinhos e tomo minha cerveja tb , entao nao posso me queixar de nada na vida. Lembre-se a cada dia vc vai melhorar o tempo eh o senhor da razao !!!
      Abc

      Eliminar
    2. Obrigado Luiz pela dica!!!! Realmente no início ficamos ansiosos, mas com o tempo vamos ver que tudo vai melhorando... Hoje depois de quase quatro meses posso dizer que já consigo comer melhor, que o enjoo diminuiu e que realmente é uma questão de tempo. Deus ilumine a todos!!!!

      Eliminar
  82. boa noite !! meu nome e Edvaldo descobri que meu vizinho esta com cançer no estomago,e sera feita a sirugia para retirada do mesmo, todos nóis estamos chocados com fato póis não sabemos nada sobre a sirugia eo pós operatorio , e se a pessoa vai sobriviver,equanto tenpo ela vai viver, Máis graças a deus estol um polco máis informado com o blog já que todos só pensão no pior,e eu estava com ele lado a lado compartilhando cada detalhe dos exames .Póis eu tambem desconfiava que esta com alguma problema.pois sentia muintas dores abdominais que não saravam com remedio ,graças a deus fiz varios isames que diaginosticaran uma espepisia pequena inflamação na parede do estomago, más vol fica ligado faser
    ezames periodicos para previnir.MÁS infelismente do mel amigo foi diaguinosticado com cançer depois da biopiçia estol muimto triste porque ele e um exenplo de vida trabalhado onesto,ea agora acha que tudo acabol,estamos abalados espero que ele possa sai dessa. o blog e de muinta importançia pois esclarese muintas coisa,já estol um pouco aliviado,pesso a ajuda de todos com orações e dicas, e deixar na mão de deus que ele sabe de todas as coisa. (POSTAREI MAIS COISAS AO DECORRE DA ÇIRUGIA MANDE DICAS OBRIGADO)

    ResponderEliminar
  83. oi andreia tdo bem, gente tem 1 ano e tres meses de operada total

    estou bem + o que me aborreçe muito e que depois da cirurgia perdi quase que total, meu olfato e paladar. minha medica nao sabe dizer o porque, aconteceu isso com vcs. por favor me respondam. bjos a tdos. desde ja obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Debora! É estranho o que acontece com vc. Não será o seu psicológico ainda afetado? O cérebro é quem comanda, veja bem. Comigo é totalmente diferente, ainda no hospital e com a sonda que ia do nariz ao duodeno, por onde passava minha alimentação, eu conseguia saber o sabor daquele suplemento (um dia era pêssego, noutro morango...); os enfermeiros ficavam abismados e só acreditavam depois que liam na embalagem que a alimentação continha sabor.
      Bem me sinto com o olfato e paladar de uma labradora.
      Com certeza ainda é o choque que vc levou, não é pra menos né....
      Fique com Deus. Roberta

      Eliminar
  84. oi querida andreia, como vai. comigo tdo muito bem graças a Deus mais nao engordo de jeito nemhum, espero que tdos estejam bem. se alguem consegui alguns kilinhos me falem . forte abraços. e lembren-se com Deus tdo podemos.beijinhos a tdos.

    .

    ResponderEliminar
  85. Boa noite! meu nome é Cilene e tenho um tumor benigno no estomago e para tirar seria necessário uma gastrectomia total por causa do local do tumor. Já fiz ecoendoscopia com biopsia e o diagnostico foi Leiomioma gastrico, mas os medicos acham que se trata de um GIST. Alguem teve esse diagnostico, leiomioma gastrico, antes da cirurgia e após a cirurgia a biopsia deu GIST?
    aguardo resposta. Deus abençoe a todos!!!!

    ResponderEliminar
  86. Boa tarde! Tenho 66 anos e foi-me detetado um adenocarcinoma na ligação do esófago ao estomago(cardia). Também fiz gastrectomia total alargada em abril, e estou ainda a adaptar-me a esta nova forma de viver. Estou preocupado por não conseguir ganhar algum do peso perdido. Perdi 15 kilos e mantenho desde então os 57 kilos apesar de comer varias vezes ao dia.Pelo que li no seu relato, não estarei a comer vezes suficiente ao longo do dia. Também tenho dores(de estomago) sempre que inicío a refeição, dor que vai passando com o tempo (poucos minutos) ou arrotando. Vou fazer uma endoscopia para avaliar se há alguma obstrução provocada por alguma cicatrização. Vivo sem restrições alimentares, como tudo com alguns cuidados acrescidos, tenho raras diarreias se ingiro o que não devo, mas faço-o em consciencia, não repetindo em pouco tempo.

    ResponderEliminar
  87. Olá boa tarde !
    Hoje 19 de Janeiro de 2013 , minha mãe a 8 dias fez a cirurgia para retirada total do esôfago e estomago ela vem progredindo a cada dia , creio que o mais difícil foi as 48 horas pós cirúrgica pois a condições do paciente é muito desconfortável , hoje faz dois dias que os médicos liberou a dieta pela boca creio em Jesus cristo que ela será curada definitivamente . venho atrás deste dizer para todos que estar ou tem alguém próximo, que esteja passando por essa provação fique tranquilo jamais se desespere tenha fé e tudo dará certo pois A Bíblia diz em Jeremias 17:14 “Cura-me, ó Senhor, e serei curado; salva-me, e serei salvo; pois tu és o meu louvor.”
    Para que se possa curar de doenças, siga o plano de Deus. A Bíblia diz em Tiago 5:14-16 “Está doente algum de vós? Chame os anciãos da igreja, e estes orem sobre ele, ungido-o com óleo em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados.

    ResponderEliminar
  88. Eu fiz a cirurgia e agora faço quimio com oxaliplatina e o comprimido xeloda. O engraçado é que apesar de tudo o que falaram, eu consigo comer BEM MELHOR agora do que antes. O tumor me atrapalhava muito, provocava muita dor e depois da adaptação da cirurgia, eu consigo viver melhor. Eu enjoo e tenho muita nausea com a quimio, mas meu médico me passou um remédio pra essa sessão: Olanzapina, que promete aliviar os efeitos ruins.
    Vamos nessa luta, vamos ficar bem.

    Super beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola, passado este tempo como ta se sentindo
      Elisabete

      Eliminar
  89. Oi gente. Meu sogro semana passada descobriu o câncer do estômago...depois de muita investigação. Foram quase 3 meses desde o primeiro vomito ate o diagnostico. Amanhã ele fará Gastrectomia Total e estamos todos muito apreensivos, afinal não sabemos qual o estagio do câncer e se ele esta realmente só no estômago, saberemos só depois da cirurgia. Tivemos a sorte de conseguir a operação uma semana após o diagnostico, somos de Barretos SP e temos aqui o Hospital do Câncer, que é famoso pelo país inteiro. Me animo com o depoimento de todos vocês e hoje, no meio de mil duvidas, só tenho a pedir a vocês que orem por nós!!!

    ResponderEliminar
  90. Boa noite pessoal!
    preciso que alguem tire minhas duvidas, meu pai fez gastrectomia total no dia 14/01/2013 e teve alta no 4ºdia, nos ultimos dias ele tem tido febre que chega perto dos 38,5 graus isso é normal?
    ele tambem esta com um dreno que no começo saia um liquido misturado com sangue e não tinha odor mas agora nesses ultimos dias esta saindo um liquido verde escuro que tem um odor horrivel ele tambem reclama de calor, ja o levamos no médico mas ele apenas retirou o medicamentos e só orientou a medica-lo se ele sentir dor ou febre e pediu para leva-lo novamente na terça-feira consultar!
    voces tiveram essas complicações isso é normal?
    por favor alguem me responda!
    meu e-mail é naldo_bc@hotmail.com
    obrigado que Deus abençoe todos voces!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Naldo eu só acho estranho porque seu pai teve alta no 4° dia após a cirurgia , essa cirurgia depois de feita o paciente tem que ficar em observação tomando soro e remédio justamente por causa dessas complicações citadas em seu depoimento. Responda-me o seguinte o hospital é publico? Se a resposta for sim volta com ele e questiona o porque ele saiu tão rápido , minha mãe fez essa cirurgia e ficou 12 dias internada saiu do hospital sem o dreno e os pontos hoje ela só toma o paracetamol de 750 MG para aliviar algumas dores ...
      Att,
      João

      Eliminar
    2. oi naldo. é isso mesmo seu pai saiu muito rapido,pois fiquei 11 dias intrenada, sai ja comendo papinhas e bebendo agua. tomei muitos remedios qdo internada nao quero te assustar+ ta muito diferente o prossedimento com seu paizinho, fica de olho . fala com o medico que o operou espero q corra tdo bem fiquem com Deus.

      Eliminar
    3. é estranho mesmo, eu fiquei 13 dias internada porque essa cirurgia é muito agressiva, 4 dias achei muito pouco. Tive o cuidado inicial de dieta zero, depois me alimentei por sonda nasogástrica e depois de um tempo comecei a dieta líquida no hospital.
      Como seu pai esta agora?
      Beijos

      Nathalie

      Eliminar
    4. Naldo isso possivelmente será uma infeção decorrente da cirurgia. tem de ser tratado rapidamente para nao evoluir, pois podera agravar em muito o estado. procure o medico e seja firme.

      Eliminar
  91. olá amigos sou claudia uma baiana cheia de vida faz um ano que fiz gastrectomia sub total por conta de um ca gastrico e posso lhes afirmar que tudo sem´pre dará certo em nossas vidas qdo colocamos o senhor na frente estou ótima perdi 14 kg apenas como de tudo ,trabalho,levo uma vida normal,claro que com a alimentaçao tenho um cuidado especial nada de doces e nem gorduras me alimento de 3/3h e tomo muito cuidado para manter meu peso pois emagreço com muita facilidade, mas no mais dou gracas a deus todo dia porque o senhor é maravilhoso ,portanto amados força e fé que tudo sempre dará certo um abraço a todos

    ResponderEliminar
  92. Boa noite. O meu nome é Tânia e também fiz uma gastrectomia total, fui submetida a esta cirurgia aos 17 anos, por razões genéticas. Estive apenas uma semana e meia internada e já sai do hospital a comer comida normal, talvez o facto de ser mais nova tenha ajudado no processo de recuperação, que foi muito mais rápido comparado com o do irmão do meu pai.
    Hoje aos 21 anos levo uma vida perfeitamente normal, como de tudo excepto o leite e alguns molhos, mas não me privo de nada, e às vezes cometo umas pequenas "loucuras". Esta cirurgia não é tão complexa como algumas pessoas pensam, é tudo uma questão de hábito, saber comer e ter responsabilidade na toma das injecções, porque de resto somos completamente normais :)
    Muitas Felicidades

    ResponderEliminar
  93. Boas. Sou a Lénia e sou dos Açores. Esta semana o meu pai esta passando por um processo de diagnostico de ca gastrico e que está a ser muito complicado. falaram-me de possivel linite plastica e estamos a aguardar as biopsias mas os médicos falam que é para retirar o estomago sem duvida.
    vivemos num meio muito pequeno, pouco desenvolvido, em que apesar de ser enfermeira nao conheco ninguem que tenha sobrevivido ca sem estomago. sei k existem mas sao tao poucos que nao conheco.
    estou desesperada e com um extremo resseio de quando se abrir para a cirurgia o quadro seja pior do k o k se pensa.
    no meio de toda esta falta de informação este blog e todos os vossos documentarios tem sido vitais para manter a minha esperança. passei estes dias lendo e relendo estes testemunhos.
    A minha questão é: quem tem feito quimioterapia, sentiu algum agravamento da sua adaptação à nova alimentação?
    além da B12 que tipo de suplementos vos foram prescritos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lénia, meu nome é Arielle e sou de Contagem/Mg. Sempre que posso passo aqui no blog da Andreia para participar ou ver postagens de pessoas que assim como eu passaram pela gastrectomia total e quimioterapia. Respondendo à sua pergunta. A quimioterapia influencia sim na alimentação. Hoje faz 1 mês e 2 dias que terminei as quimioterapias. Foram 6 meses fazendo 4 dias de quimio seguida em um total de 24 quimio. Acho que a fase mais delicada é a cirurgia pois é onde temos de ter cuidados redobrados. Fiz a cirurgia e retirei todo o estômago. O tumor já tinha quase ultrapassado a serosa (Ultima camada do estômago) ainda assim tive 1 metastase nos lifonodulos do estômago. Por isso tive que fazer a quimio. Qto à quimio, esta é um pouco cansativa e varia de pessoa para pessoa. Exemplo disso é que eu tive enjôos mas vomitei apenas 1 vez, muitos dão diarréa, eu fiquei ressecada. Outras pessoas cairam o cabelo e o meu não caiu. Por isso te digo tudo vai de cada um e o mais importante é nunca se esquecer de NUNCA DESISTIR... Sempre ter fé e acreditar que Deus é o Deus do impossível. Ele sempre sabe o que é melhor para todos nós. Tive sim meus momento de medo (sou humana) mas sempre dizia: "Olha Pai, sei que minha vida está em suas Mãos, mas deixa eu ficar m,ais um pouco aqui para ter mais tempo com meu filho, meu pai, minha mãe e minha irmã". Ele me ouviu!!! Então é ter sempre Deus por perto!!
      Quanto à vitamina B12 tomo ela todo mês e vai ser para o resto da minha vida. Tomo vitamína D. Tenho uma nutricionista que me acompanha desde que comecei a quimio e sigo uma dieta de muitas calorias (apesar de eu não estar engordando pois ainda tem pouco tempo que terminei a quimio). Tenho que tomar um leite que chama FORTIFIT, tomo sorvete, açaí e como de tudo para não me faltar nada de vitaminas.
      Respondendo outra pergunta sua, dê uma passeada por este blog que a Andréia criou... Aqui estão todos os milagres que acontecem com pessoas que passam ou passaram pelo problema do seu pai. Todos sobrevivemos!!! Acredite que existe um Deus poderoso que tudo pode... e que tudo vai dar certo!!!! Abraços

      Eliminar
    2. B Dia Lenia, assim como a colega acima, tb visito esse site afim de trocar ideias ou ajudar c alguma questao a quem tem duvidas. (Fiz Gastrectomia total ha 6 anos devido a adenocarcinoma no estomago) Hj tenho 50anos, e apesar de nao ter feito quimio, tb tive como a maioria dificuldades de alimentaçao no pos-operatorio. B12 realmente sera eterna a reposiçao (a minha esta sendo feita a cada 3 meses). Outra coisa que tb temos que tomar cuidado eh com anemia ....tive anemia (falta de ferro) ha 2 anos atras e tb tive que repor ferro intramuscular. Mas foi rapido e surtiu efeito logo. O que sempre digo aqui em meus comentarios eh que a cada ano que passa vc evolui , eu tinha 82kg, apos a operacao cheguei a ficar com 68kg e depois de 1 ano e pouco de operado estacionei em 75kg o que mantenho ate hj. Como de tudo , mas tenho certa intolerancia a leite e tb a beber muita agua. As quantidade nas refeicoes nao passam de 350kg no almoço ...mas eh mais do que suficiente. A realidade eh que n posso reclamar de nada pq ate atividade fisica que eu sempre fiz (surfar) eu voltei a fazer depois de apenas 4 meses de operacao. Portanto tenha fe ...pq apesar de ser um processo lento as pessoas acabam levando uma vida quase normal. De vez em qdo tb tenho algumas sintomas de "dumping" qdo fico com coracao acelerado e calor excessivo, mas isso eh raro e acontece e vai embora rapidamente (no meu caso aparentemente nao esta ligada a ingestao de doces em demasia). BEm de qualquer forma se tiver alguma duvida terei prazer em tentar esclarecer. Um abraco a todos e sejam confiantes e tenham sempre Fé !!!

      Eliminar
    3. Parabéns Luiz, meu nome é Maria, minha cirurgia foi em fev/2011 tenho 48 anos, foi muito difícil mesmo. hoje tb vivo bem, trabalho normalmente, vc perdeu pouco peso em comparação a mim, perdi 20kg e luto para conseguir ganhar mais algum peso, sei q será difícil mas para DEUS nada é impossível, obrigada por compartilhar informações me sinto bem melhor depois q descobri este blog, grande abraço a todos

      Eliminar
    4. Maria e Luiz, meu nome é Marísia e gostaria de compartilhar também minha alegria de estar aqui,hoje, podendo dar um depoimento de que temos um Deus que nos ama. Fiz minha cirurgia em agosto/2008. E posso dizer que minha cirurgia foi um sucesso; hoje não tenho praticamente nada. Esses pormenores é para sempre - injeção de ferro e B12. Tenho um médico ortomolecular que me acompanha, sempre me passa complemento alimentar. Dumping também de vez quando e diarréia quando exagero... no mais, nunca vomitei. O maior incômodo que ficou foi o tal do refluxo, que ás vezes tenho que dormir quase sentada, mas também, por falta de cuidado, por não jantar cedo, e comer exagerado, principalmente gordura.
      Bem, temos somente que agradecer a Deus, abraços.

      Eliminar
  94. Lénia, eu faço quimioterapia. Vou fazer de 6 a 8 sessões, já estou na terceira. A adaptação é uma fase, como o próprio nome já diz, e o nosso organismo é muito inteligente, depois de um tempo o próprio esôfago faz uma espécie de "recipiente" para acomodar a comida e em cirurgias mais recentes o próprio médico já faz isso. Não vou dizer pra voce que a quimio vai ser fácil, porque enjoa muito e isso implica na comida é claro, não dá muita fome. Mas existem remédios, como foi o caso do que o médico passou pra mim, que atenuam e muito os efeitos. Cancer NÃO É MAIS SENTENÇA DE MORTE PRA NINGUEM. Veja a moça que escreve o blog, já esta desde de 2008 ai, super bem, hoje ela leva uma vida normal, come bem, dança, faz exercícios. Tenha fé minha linda, seu pai vai passar por tudo isso e vai ficar bem.

    ResponderEliminar
  95. Obrigada Nathalie. Esta a ser uma fase muito complicada e continuamos a aguardar ainda o resultado das biopsias.
    que tipo de suplementos foram prescritos para a alimentação além da B12?
    Lénia

    ResponderEliminar
  96. Lénia, um suplemento que o médico passou foi o "Prossure", que é específico para pessoas que tiveram perda de peso por conta do cancer. A b12 ainda não estou tomando, mas o médico falou que é uma injeção por trimestre no meu caso. Eu tomo também centrum e depois da quimio farei reposição de ferro. Alimentação de duas em duas horas, mas eu como de tudo, quando exagero muito no doce eu me sinto enjoada, mas isso é normal pra qualquer pessoa, penso eu. Só isso mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.
      agora que veio para casa apos a cirurgia esta fazendo ferro, arginina e o b12
      agora necessito é tentar que nao perda tanto peso

      Eliminar
    2. OLÁ Lénia, Sou o noivo da Nathalie Malagutti. Como está o seu pai?

      Eliminar
  97. oi andreia como vai? hoje vim participar á´todos, que estou pondo na comida , banana amassada um, posinho que nao sei como chama é aquele, da pastoral sei que dizem que é com casca de ovos moida ,de mandioca emfim dizem que e´, muito nutritivo e otimo pra nos ,gastrectomizados.desculpem se nao dei a imformaçao certa + procurem na internet, quero ver se engordo um pouco com ele. bjos no coraçao de tdos ,e nao esqueçam que somos filhos de DEUS VIVO bjos a tdos

    ResponderEliminar
  98. oi meu nome é vanessa setir de postar aqui o que estou passando.Meu pai sentia dor no estômago,muita azia e foi vivendo achando ser uma ulcera.Fez uma endoscopia e na biopsia acusou câncer maligno,foi um choque para todos nós ontem dia 27/03 ele fez uma gastrectomia total e daqui a 15 dias o médico saberá o resultado do exame para ver como será o tratamento. É muito difícil!!!Mas Deus está no controle dessa situação que machuca tanto agente,foram momentos de espera muito ansiosa durante a cirurgia foi por vídeo demorou seis horas e meia e agora cedo de manhã tive noticias que ele esta passando bem e se sente melhor depois da cirurgia é muito ruim ver a pessoa anestesiada é triste.Mas confio no poder de Deus pois ele fez a cirurgia ser um sucesso Deus trabalha na nossa vida de um modo que nada venha nos prejudicar é difícil mas nada é por acaso as batalhas servem para crescer e se apegar mais e verdadeiramente com Deus.Amigos creem em Deus ele é vivo e nada acontece sem a permissão dele,entreguem suas vidas e verão o poder de Deus.Que Deus abençoe a todos e confiem.

    ResponderEliminar
  99. Ola Andreia tudo bem?depois de ler alguns depoimentos das pessoas que tiveram o mesmo problema que eu me sinto mais fortalecido por saber que apesar de todas as dificuldades as quais estou passando sinto que a cada dia que passa, tenho esperança que dias melhores virão,no me caso fiz a cirurgia de gastrectomia total em julho/2011 ficando internado mais ou menos 11 dias em seguida passados 2 meses comecei a quimioterapia de 5 seções,periodo que eu considero o mais dificil de ser transposto pois dificilmente conseguia me alimentar aonde antes da cirurgia pesava 73 kg hoje peso mais ou menos 50 kg,na minha opinião o maior problema é o dumping, mas aos poucos sinto que apesar de tudo as coisas vão ficando melhores neste periodo ainda tenho que fazer exames periodicos de sangue pra ver o nivel de ferro e a B 12 pra logo em seguida com a ajuda de minha espôsa ja que ela é formada em Tecnica em Enfermagem tem dada todo o apoio necessaria pra que eu pudesse transpor todos os obstaculos que a propria doença me oferecia ela estava ao meu lado me dando carinho e ajuda psicológica para que meu sofrimento fosse sempre amenizado acredito firmemente que Deus colocou este anjo em minha vida pra que esse periodo fosse sempre facilitada por isso não tenho palavras pra agradecer tudo o que foi feito neste periodo dificil de minha vida,mais uma vez obrigado amor quero deixar aqui registrado a minha eterna gratidão sem você seria impossivel.Por isso acreditem que existe um Deus que pode dar a cada um muitas esperanças que tudo possa ser resolvido da melhor forma possivel.Meu nome Luiz Carlos Shimazaki meu E-mail:lcshimazaki@hotmail.com, moro aqui em Santos Sp,qualquer duvida que eu possa exclarecer não exite em me mandar mensagens.Tenham fé que Deus existe.

    ResponderEliminar
  100. Oi Andreia
    Gostaria de dizer que o seu blog me ajudou bastante, minha mãe vai precisar fazer essa cirurgia e acho que será a retirada total do estomago,ela tem um tumor neuroendocrino que é rarissimo, fiquei muito apreensiva pois ela já é bem magrinha, intaum comecei a pesquisar e me informar sobre o assunto para que eu possa ajuda-la como puder, sei que não será facil mais tenho certeza de que Deus estará ao nossa lado nos dando forças...Obrigada!

    ResponderEliminar
  101. oi tdo bem andreia? gente gostaria de saber, se tem como engordar, pois pareçe que qualquer gasto de caloria ja perco peso, queria muito engordar um pouco minha medica diz que tenho tdo que as mulheres gostariam comer sem engordar + ela nao entende nao é assim que eu penso eu quero comer e engordar. alguem engordou? preciso ter esperanças . DEUS esta no controle. bjos a tdos vcs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Débora, meu nome é Maria, eu também tenho muita facilidade de perder peso, gostaria muito de ganhar algum, vc também perdeu o estômago? perdeu quantos quilos? eu perdi 20kg, tenho 48 anos, vamos trocar idéias... vai ver descobrimos algo que nos ajude, Abços

      Eliminar
    2. oi maria tdo bem? tirei o estomago, sim tem 1 ano e meio perdi 19 kilos, estou com 48 meu email é debora-russo@hotmail .com vamos trocar ideias sim grande beijo. e nao esqueça nosso Deus faz-nos maravilhas.

      Eliminar
  102. oi meu nome é vanessa já escrevi aqui, meu pai fez gastrectomia total no dia 27/3 e hoje já esta bem recuperado da cirurgia e no próximo mês já vai começar a radioterapia e a quimioterapia que deve durar +- 2 meses a médica falou que é uma quimio mais leve que não deixa os cabelos caírem.Agradeço muito a Deus pela recuperação dele ele se alimenta bem e agora é ganhar peso, pq ele emagreceu seis quilos depois da cirurgia e esta tomando um complemento para não perder peso. É tudo muito difícil as vezes as pessoas criticam a dor o medo que agente que passa por isso sente,mas não sentem na pele o que agente passa dentro de casa.Eu como filha me sinto mais deprimida do que meu pai,só peço forças a Deus pois ele é o único que sabe das nossas dores e dos nossos problemas.Desejo tudo de bom para vocês que Deus dê muita força e saúde a todos.

    ResponderEliminar
  103. Boa tarde, é muito legal esse apoio dado aos que estão passando por o problema de cancer de estomago. Tenho 32 anos e tbm fiz gastrectomia total há 09 meses, devido a um CA. A fé em Deus juntamente com o apoio do meu marido e da minha família me fortaleceu para enfrentar tudo de cabeça erguida sem me lamentar. Não é fácil receber este diagnóstico, mas devemos sempre escolher por lutar do que desistir. Tive Graças a Deus uma excelente recuperação, perdi apenas 06 quilos e já recuperei 04 kg. Faço reposição de ferro mensalmente e como de tudo. O que ainda tenho com frequencia é diarreia acho que pelo fato de comer algumas comidas gordurosas.
    O período de recuperação no início é difícil, mas com o tempo as coisas vão melhorando. Agradeço a Deus todos os dias a minha vida!!! Deus ilumine a todos e muita fé. Beijos!!!

    ResponderEliminar
  104. oi, meu nome é Séfora a minha mãe tem 48 anos, fez gastrectomia total há 5 meses,correndo risco de vida por ter ritmia cardiaca,mas graças a Deus correu tudo bem, fez também um ciclo de 8 sessões de quimioterapia, graças a Deus esta passando bem, um dia pelo outro, um dia ela come bem o outro mais ou menos e assim vai levando, quase uma vida normal.

    ResponderEliminar
  105. minha mãe fez gastrectomia total a 5 meses correndo risco de vida, por ter ritmia cardiaca, apos a um mês de cirurgia começou a sessoes de quimioterapia, graças a Deus ela terminou 1 ciclo de 8 sessoes, agora vai ter que passar por exames para saber o que fazer. Hoje ela esta bem, um dia pelo outro, sem poder fazer muito esforço, para nao gastar muita energia.

    ResponderEliminar
  106. Boa noite,
    sou a lénia já varia vezes publiquei neste blog.
    agradeço todas as palavras de conforto e a informação proporcionada. a verdade é que após este tempo todo o meu pai ainda nao fez a gastrectomia, é tudo devagarinho. está no 3 ciclo de quimioterapia e tem sido muito complicado, ha alturas que nem falar consegue e depois lá vem uns dias bons para dar alento.
    nao sei se depois do terceiro se farao os exames mas a verdade é k antes estavamos a conseguir manter peso, mas neste momento ele está perdendo muito. Maior receio: - a cirurgia, segundo - o peso que vai perder no total e como ficará o organismo dele.
    além do prossure que me foi falado, alguém conseguiu ganhar peso com algum suplemento ou ingestão especifica apos a quimio e a gastrectomia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lenia, eu tomei e ainda tomo nutren active (pó), tem vários sabores. É um bom suplemento meu cirurgião que indicou.
      Melhoras a seu pai.
      Abraços, Roberta.

      Eliminar
    2. obrigada irei averiguar se existe cá
      um abraço

      Eliminar
  107. Olá, pessoal. Minha mãe também está com um CA no estômago. Atualmente, está fazendo o segundo ciclo de quimio, para tentar reduzir o tumor e se submeter à cirurgia. Assim como o pai da Lenia, ela pedeu muito peso. Tentamos dar o prosure para ela, mas ela não se adaptou muito bem ao gosto do produto. Na verdade, ela estava com muita dificuldade para comer qualquer alimento que parecia enroscar quando descia para o estômado. Uns 15 dias depois de fazer a primeira quimio, acho que os medicamentos começaram a fazer efeito e ela passou a comer melhor. Procuramos sempre fazer para ela uma comida variada, com muitos legumes e frutas. Apesar de ela não estar comendo alimentos muito calóricos, conseguiu recuperar, em 1 semana, uns 4 kg (de 38 foi para 42). Vibramos de alegria porque sabemos o quão difícil é a questão da perda de peso (Lenia, como vc, tmb temo pela perda que ocorrerá com a cirurgia). Investimos em alimentação constante, de hora em hora. É uma luta diária que requer muita fé e perseverança de todos. Como os médicos não nos deram muitas dicas sobre o que pode e o que não pode comer, fui pesquisar na internet. Acabei descobrindo o livro do Dr. David Servan-Schreiber (Anticâncer) com o qual aprendi muito sobre a alimentação e, principalmente, sobre a vida. Um abraço para todos! Fé e perseverança!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá
      o meu pai já realizou a gastrectomia total (dia 4 deste mes). após um cirurgia de muito risco, de ter tido um Tromboembolismopulmunar, quimioterapia, diversos trombos no corpo etc, parece que a parte mais arriscada foi a que correu melhor.
      Fez gastrectomia TOTAL alargada, retirando todo o epiplon e baço.
      no total desde o inicio do CA perdeu 20 kg, e penso que ainda ira perder mt mais, mas já começou a ingerir sólidos, nunca regeitou nenhum alimento e está a adaptar-se muito bem (um dos maiores medos era esta adaptação caso sobrevive-se à cirurgia, mas ja estamos ultrapassando). os medicos nisto nao sao um apoio mas este blog tem sido para nos fundamental.
      agora o proximo passo penso que passará por mais 3 ciclos de quimioterapia continua, mas já que aqui chegamos, já tivemos uma ajuda divina.
      DESANIMEI muito! verdade, perdi a esperança!verdade, mas depois desta cirurgia tudo isso RENOVOU, temos uma luz ao fundo do tunel e a adaptação esta a ser muito boa. agora temos de trabalhar o peso, mas penso que esta é uma luta continua para todos os gastrectomizados e seus familiares
      um abraço

      Eliminar
  108. Meu nome é Vanessa, já escrevi aqui , vim dizer que o meu pai que fez a gastrectomia total e hoje mais de um mês de cirurgia esta bem come bem , esta engordando e esta fazendo quimioterapia e não sentiu nada. Final do mês ele começa mais um ciclo de quimio com radio. Desejo força para todos porque não é fácil, depois que passa o pior momento depois fica mais tranquilo. Alguém poderia me informar quanto tempo de repouso desse tipo de cirurgia foi por videolaparoscopia . Abraço a todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Vanessa. A cirúrgia que seu pai fez, por videolaparoscopia, foi feita em que hospital? Andei fazendo umas pesquisas na internet e vi que o método é menos invasivo e, portanto, o tempo de recuperação é menor. Um abraço, e melhoras para o seu pai!
      Juliane

      Eliminar
    2. Oi Vanessa. Minha mãe passou por uma gastrectomia total hoje, o que pode acrescentar mais sobre o estado atual do seu pai? Abraço,

      Eliminar
    3. posso responder-lhe, pois dia 4 o meu fez o mesmo procedimento e ja está em casa... agora um passo de cada ves

      Eliminar
  109. Obrigada.Ele fez no oncológico aqui em juiz de fora. Abraços

    ResponderEliminar
  110. Olá! Sou a Maria e quero dah o meu depoimento. Há mais ou menos 18 dias descobrimos um ca no estomago da minha maezinha linda e, hj faz 5 dias q ela tá operada. Ela tb fez gastrectomia total. Nos 13 dias até a cirurgia, era um desespero só, para mim e meus irmãos, pois, o nosso medo maior era de ter em outros orgãos. Mas o nosso BONDOSO DEUS, toda semana derramava uma graça sobre a minha maezinha linda, exames normais(1° semana apos a descorberta do tumor), a cirurgia foi um sucesso(2° semana) e ainda na 2° semana, a recuperação dela... Tá sendo maravilhosa, tá tudo dando certo, graças a Deus. Ela começou a se alimentar via sonda ontem, Graças a Deus. E o médico falou ontem q amanhã começa a alimentação via oral, e na terça ou quarta, ela reberá alta, se Deus qser e Ele quer. Tá tudo dando certo na vida da minha mãezinha linda. Já recebemos o resultado da biopsia, agora é só esperar o médico dizer q minha mãe está curada e q n precisará fazer quimio. Mas se for preciso fazer, ela vai fazer, pq Deus já está no controle de tudo e, eu tenho certeza q já deu tudo certo na vida da minha mãezinha linda. A Mão ensanguentada de Jesus já curou a minha mãezinha lindaaa. Qto a adaptação alimentar, pelo q li nos comentários, ela vai ter uma vida normal, se Deus qser e Ele quer. N importa se haverá retrições ou n, Deus já está no controle e tudo já deu certo na vida da minha maezinha linda. Graças a Deus e a este blog, a minha Fé e esperança só aumentam. To sempre lendo os comentários(já li cada comentário pelo menos 3 vezes)Deus coloca esses exemplos, pra n perdermos a Fé e nem as esperanças. É isso ai, gente. Não esqueçam nunca q temos um Deus maravilhoso, q nos ama incondicionalmente... A maior prova disso, foi o filho dele, q sofreu por nós, morreu por nós... Um amor sem igual,um amor puro. Ah, esqueci de falar da minha maezinha linda e querida do Céu, Maria, Mãe de Jesus, noassa mãe. Até hj eu falo q Jesus tá na frente da minha maezinha, minha maezinha linda no meio e Maria, a nossa maezinha querida do céu, atrás... Só protegendo a minha maezinha linda da terra. Confiem sempre em Deus! Bjos

    ResponderEliminar
  111. Ola!Meu nome e Marli tenho 43 anos,fiz a gastretomia total no dia 21/05/2013,pois descobri que estava com carcinoides em 2012, esta sendo muito dificil pois me sinto fraca as vezez, me engasgo muitas vezes,estou tomando suplemento,os gases sao tremendos,fora os arrotos que sao enormes nao dao nem para desfarcar sao horriveis,esse blog da Andreia foi otimo pois vi que sao muitas pessoas nao so eu, esta sendo dificil mas Deus foi Fiel para comigo e estou tentando nao desapontalo, nao sei como vou voltar para o trabalho mas estou vivendo cada dia um dia, beijos para todos, gostaria de me coresponder meu email tekaata@hotmai.com

    ResponderEliminar
  112. Boa noite sou eu Marli, queridos amigos sera que alguem pode me informar se tudo aquilo que falei e normal, se vai passar, por favor me respondam, eu entro direto aqui para ver se alguem me respondeu...Beijos para todos....(mail tekaata@hotmail.com)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Marli
      o meu pai passou pelo procedimento no inicio deste mes, já começou com alimentação solida mas também sobre muito com arrotos e alguma diarreia, penso que seja normal de o organismo se habituar e também ja me referiram que melhora com o tempo

      Eliminar
    2. Boa tarde Lenia amada ja fiz a ciruria á 3 meses, estou com os arrotos, não consigo comer direito, estou com anemia,as vezes não consigo comer, passo o dia inteiro sem comer nada só liquidos, mas meu medico diz que é um processo, tudo é devagar, más temos que agradecer a Deus por estarmos vivos, obrigada querida pela resposta se puder continuar correspondendo comigo, obrigada estarei orando pelo seu pai minha querida.

      Eliminar
  113. Boa noite, meu nome é Andréa e meu namorado vai fazer gastrectomia total. Estamos apreensivos e preocupados, eu li todos os depoimentos e alguns me fizeram ficar um pouco mais preocupada e outros um pouco mais esperançosa de que vamos aguentar essa fase e poder dar um depoimento com um tantinho mais de otimismo. Como é importante ter uma palavra, um sinal de que existem pessoas que sobrevivem sem estômago, até então se me contassem eu duvidaria dessa possibilidade.Eu agora sei o que possa acontecer com ele e sofro pq pude perceber que o começo é difícil para todos. Sinto uma dor forte só de pensar nisso pq o amo muito e só quem ama verdadeiramente sabe que se pudêssemos fazer com que a cura fosse feita fariamos de bom grato, mas isso só pode ser feito por Deus e pelos médicos. Deixo aqui a minha solidariedade com todos vocês e desejo que vocês possam ver dias melhores, como nós também esperamos ter!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andrea,
      estou passando pelo mesmo caso que vc.Eu postei abaixo, tenho 29 anos e fui diagnosticada com CA de estomago maligno, estou sem chão, nao por ter que fazer a operação, mas com medo de não ser curada.
      Quem puder nos dar uma ajuda agradecemos por informações ou depoimentos de pessoas que se curaram...
      beijo em todos

      Eliminar
    2. Querida Andrea confie pois Deus é fiel, ele tem muito para ti, sei que ficamos triste,pois o diagnostico é muito triste mas mesmo não te conhecendo sei que é forte e superara tudo, confie em Deus..

      Eliminar
  114. Boa noite pessoal, meu nome é Mariana, tenho 29 anos e há algum tempo venho vomitando e sentindo fortes dores de estômago.
    Fiz uma endoscopia tem 2 dias e o resultado não foi bom.O gastro olhou o resultado e se assustou com a lesão e o tamanho dela e me encaminhou para o cirurgião com mais urgência. Estou dependendo da biopsia para saber a conduta. Mas estou muito aflita pois provavelmente terei que passar pela gastrectomia total. To arrasada...
    Gostaria saber de vocês que já passaram pelo procedimento, de como é?
    A alimentação primeiramente é por sonda e depois quando vai para casa é por via oral?
    Me ajudem, estou sem chão...
    beijo em todos.

    ResponderEliminar
  115. Boa noite,venho por meio desta,. dar o depoimento sobre a gastrectomia do meu marido.Hoje já faz um ano da retirada total do estômago,Graças a Deus tudo deu muito certo apos a recuperação que não foi nada fácil.Já fez endoscopia e tomografia e está sem a doença.

    ResponderEliminar
  116. Bom pessoal minha mãe tbm nao tinha sintomas e por uma endosc. de rotina descobrimos um ca de estômago (adenocarcinoma), o chão abriu mais Deus nos pegou no colo, ela fez gastrectomia total, tirou o baço (preventivo não tinha nada) tirou a vesícula (evitar cálculo) e omento(pq tinha alguns linfonodos acometidos), fez a cirurgia dia 20/10/12 teve mta complicacao (precisou transfusao) depois teve pancreatite, depois saimos do hospital (isso foi em 8 dias). Fomos p casa e c uma semana voltamos p hospital (anemia, mais uma transfusao e pneumonia) drenou a pleura mais 4 dias hospital e Deus lá firme c agente! Dezembro comecou as quimio (fez 6 semanas uma por mês) e 24 sessões seguidas de radio, o cabelo raliou mais nao caiu tudo, teve alguns desconfortos mais foi mais c a radio q c a quimio, hoje ela esta bem perdeu 30kg, mais antes ela era gordinha e hje ta otima linda maravilhosa, ela descobriu o problema c 50 anos, tem 9 meses, semana passada ela fez endo e colono, não tem nada errado e hje chegou o resultado ainda não abri não tive coragem mais eu sei q Deus ta no controle!! Ela alimenta tudo normal, as vezes tem gazes não toma liquido c comida, e ainda da uns vômitos! Mais nós amamos mto.....ela!

    ResponderEliminar
  117. Boa noite Mari Mariana e restantes visitantes.
    o meu pai passou pelo procedimento dia 4 deste mes, e já esta em casa a comer praticamente de tudo (quando me contavam eu antes também nao acreditava)
    a verdade é que levou alimentação parenterica (na veia) até 2 dias antes da alta e nesse mesmo dia iniciou dieta com líquidos e gelatina por via oral (nunca foi alimentado de sonda).
    esta a adpatar-se bem, tem mais diarreia com leite mas isso se controla com a moderação de ingestão.
    ainda come muito pouco mas tambem tem de se aumentar gradualmente. qualquer duvida pode mandar email para lennya_7@hotmail.com

    ResponderEliminar
  118. Olá Andréia! A minha Mãe fez essa cirurgia no último dia 15, e está sem vontade de se alimentar, mesmo o médico a liberando para um dieta líquida e pastosa; Apesar de, ainda estar tomando Ensure via jesuno. Ela se queixa de dor na hora de engolir, mesmo água, é normal, ou será uma complicação? Ela tem 78 anos, fico muito preocupada, pois, acho que ela está depressiva, e com medo de não sair desta... Me da uma luz, um abraço. Elaine de Piracicaba/SP.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas com uma certa idade têm muito medo da comida e recusam-se a comer... Existe um tempo de adaptação do esófago à comida daí ter de se dar todos os passos: líquidos, pastosos e depois os sólidos bem mastigados e com molhos. A água tem de ser bebida devagarinho. Eu por exemplo só consigo beber água fria... É assim! Cada caso é um caso mas se vê que algo é anormal fale com o médico.
      Força!
      Andreia

      Eliminar
  119. Olá a todos,
    Tinha 39 anos quando em Janeiro de 2013 me foi diagnosticado um cancro gástrico. Fiz quimioterapia e fui operada em Abril. O estômago foi retirado na totalidade e não foi necessário fazer mais quimio após a operação. Tive alta passados 4 dias da intervenção, iniciei os alimentos líquidos no segundo dia e os pastosos no terceiro. Vim para casa com uma dieta pastosa por 15 dias, após os quais comecei a introduzir os alimentos sólidos. A adaptação foi muito boa e fui aumentando as quantidades e introduzindo alimentos novos. Hoje, ainda não decorreram 4 meses desde a minha operação (feita por laparoscopia) onde para além do estômago me retiraram a visícula (tinha pedras), e posso dizer que não tenho restrições alimentares. Como de três em três horas e tirando uma dejeção diarreica por dia (que irá passar segundo o cirurgião) não tenho qualquer sintoma do sindrome de dumping. Tal como diz a Andreia precisamos de comer de tudo um pouco. É preciso variar e diversificar a alimentação. Não bebo bebidas alcoólicas (já não bebia antes) e evito os doces e os alimentos muito gordurosos, mas a própria dietista que me segue me recomendou ir experimentando tudo. Somos todos diferentes mas é bom saber que se vive sem estômago e bem. Perdi 18kgs devido à quimioterapia mas o 1,5kg que perdi após a cirurgia já o recuperei. Hoje peso 62 kgs que é o peso ideal para a minha altura.
    Agora sou vigiada de 3 em 3 meses.
    À Andreia (embora não a conheça) gostaria de agradecer a criação deste seu blog que me ajudou muito antes de ser operada a saber o que me esperava.
    Agora só espero ter entrado nos 40 com o pé direito!

    ResponderEliminar
  120. Olá Ana!
    Obrigada pelas suas palavras. Sabe bem ler um depoimento tão otimista. Graças a Deus fui submetida à gastrectomia total para poder viver estes dias bem. A Ana com toda a certeza também vai vivê-los por muitos e bons anos.
    Eu como de tudo e ultimamente nem me privo de nada ;) doces... fritos... Enfim...
    O que importa é viver um dia de cada vez o melhor possível e não dar muita importância a todos os sintomas que nos aparecem senão não comemos nada.
    Obrigada por estar aí e vá dando notícias.
    Muitas felicidades!
    Andreia

    ResponderEliminar
  121. Olá Andreia, parabéns pelo blog e pelo apoio que tem dado a todos, há já algum tempo trocamos mails, na altura estava muito confusa pois tinha aparecido uma denocarcionoma ao meu pai, depois de uma gastrectomia subtotal, e de ter de para a quimio pois não aguentou os tratamentos e de ter estado internado com um espessamento do intestino que ninguém conseguiu perceber de onde vinha, voltou para casa, a chegada do Verão ajudou-o a animar, ontem e a fatarem 2 meses para completar o 1º ano da gastrectomia foi repetir a endoscopia e mais uma nova biopsia que lhe foi explicado ser rotina, contudo hoje é difícil acreditar que algo é de rotina mas temos de ter fé, um obrigado por todo o apoio e sobretudo pela força que nos dá. As maiores felicidades do mundo, bj

    ResponderEliminar
  122. Hoje é minha vez de deixar meu depoimento...
    Tenho 29 anos e fui diagnosticada com adenocarcinoma gástrico há 2 meses atrás. Foi tudo tão rápido que consegui operar logo e fiz a cirurgia (gastrectomia total,mais retirada de vesicula e ovários, no meu caso tinha metástase em ovário esquerdo) dia 05/08. Não foi um período fácil, fiquei 2 dias no CTI mais 10 dias no quarto.
    Fiquei em dieta zero por vários dias, e como colocaram a sonda enteral em mim somente depois comecei a utilizar essa sonda.Uns três dias depois liberaram a dieta líquida na qual foi muito bem aceita, não passei mal, nem tive enjoos nem nada. O mais engraçado é que eu sentia muita fome, estava louca para comer...
    Após 12 dias e internação recebi alta e fui para casa com liberação de comer pastoso. Comecei tudo bem devagar,mastigando muito bem os alimentos até porque se comer muito rápido dá dor e colicas intestinais e o caminho é banheiro direto.
    O maior problema é a diarréia dependendo do que se come.
    Hoje estou em casa muito feliz por estar me adaptando bem apesar de tudo, fazendo todos os exames para iniciar a quimioterapia, mais uma etapa a ser vencida, mas tenho certeza que vou passar muito bem por tudo isso.
    Se alguém quiser trocar idéias e ajuda só me mandar um email (mariedf2002@yahoo.com.br)
    Só tenho a agradecer ao blog que me ajudou muito com as informações e depoimentos, e as pessoas que se dispuseram em ajudar tb deixando email. Muito obrigada.

    ResponderEliminar
  123. Olá Mari, fiquei muito feliz por estar dando tudo certo para você. Também tive um Cêncer de Estomago descoberto aos 31 anos e retirei todo estomago mais vesícula. Chorei dois dias seguidos pensando como seria se eu "deixasse" a minha filha, a a minha sogra estaava em estado terminal tbm com CA. Depois de dois dias derramando muitas lágrimas mefortaleci com uma luz e energia que só Deus mesmo poderia me conceder e enfrentei a batalha. Graças a Deus estou bem, me recuperei bem e todos os dias é uma vitória, assim como é para vc tbm. Fé, força e coragem sempre!!!! Beijos.

    ResponderEliminar
  124. Olá Andreia, fiquei bem mais calma quando entrei(por acaso) no seu blog, vi que esse tipo de problema é bem comum.Resisti até o último momento para não entrar na internet pq tinha medo de ficar sabendo de mais e me assustar..mas fiquei mais aliviada em saber q a cirurgia não tem complicações e q se pode vier sem o estômago sim...minha mãezinha irá fazer a gastrectomia total terça feira agora e estamos todos apreensivos e angustiados...nunca pensei viver esse pesadelo com a uma das pessoas que mais amo nessa vida...desde q descobrimos(há menos de 20 dias), eu não paro de chorar um dia sequer...me animo em saber q a tomografia não acusou metástase...mas a cirurgia em si assusta...mamãe está a base de remédio faixa preta...confesso que só Deus pra nos levantar nessa hora, nos dá força e aceitar o q está acontecendo...peço todos os dia que Ele dê coragem pra ela enfrentar isso e fé pra que ela acredite q tudo isso vai passar e ela terá vitória...depois posto mais comentários com notícias boas...se alguém quiser me mandar um e-mail pode mandar,vai ser muito bom trocar depoimentos e assim leio pra ela :drikaline@gmail.com.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adriana perin,

      Eu tambem vou fazer essa operacao, foi me diagnosticado cancer no estomago a 2 meses fiz 3 ciclos de quimioterapia e agora vao operar final do mes. Reze muito, deus esta ao nosso lado, a sua maezinha estara nas minhas oracoes.de noticias e tudo vai correr bem, eu tenho 38 anos e dois filhotes que amom entao eu tenho que vencer por eles.
      Elisabete diogo

      Eliminar
    2. Oá Elisabete,
      graça a Deus e a todos que oraram a cirurgia da mamãe foi um sucesso...ela ainda está recuperando, devagarinho mais progressivo...tudo saiu como o previsto desde a cirurgia até agora...ainda falta sair o resultado da biópsia para saber se ela vai precisar fazer a quimio, ela está bem apreensiva...mas falo pra ela q o pior já passou...ela está se alimentando pela boa desde o 6º diam, sentiu dores no inicio, mas acho q é pq ela não seguiu uma das recomendações médicas: falar o mínimo necessário...rs...daí ficou cheia de gases...ela está só comendo coisa líquidas e de 3 em 3hs rigorosamente...comida bem morna(sopa batida e coada) nada de açúcar por enquanto, só coisas diets, gelatina, água água de coco, gatorate, leite desnatado,chá,mingau...está com o intestino regular,só um dia que ela não foi ao banheiro...tem q engolir devagar...no momento o medico cirurgião é quem está a dieta, não encaminhou a nutricionista, mas sempre q ela tem duvida ela liga pra ele e o bom é q ele sempre atende...se tiver alguma dúvida me manda um e-mail...obrigada por ter lembrado de orar pela minha mãezinha. Vou orar por vc tb e creia que tudo vai dar certo...se quiser medite no livro de Isaias:41:10, li esse versículo pra ela um dia antes da cirurgia...mamãe falava que ela se apegava a Deus, a nós, filhos (somos em 3) e marido para conseguir superar e levar adiante quando soube do problema...se vc não tiver uma motivação para viver vc não consegue ir adiante...penso que enquanto existe uma chance de vida tem q lutar por ela...grande abraço.

      Eliminar
  125. Olá Andreia! Parabéns pelo blog antes de mais tem ajudado muitíssimo. A minha mãe foi diagnosticada há duas semanas com cancro gástrico. Antes da operação terá de realizar quimioterapia. Será este o procedimento que os médicos estão a adoptar de momento? Pelo que tenho lido a maioria parte direto para a operação. Será normal esta situação? Muita força para todos!! O bichinho é danado mas as pessoas são mais fortes! E Deus está do lado dos que têm fé!! Melhoras para todos! E para a família. Também pois acabamos por ser pacientes secundários! Muita força coragem e fé!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vc não me conhece mais venho atraves desse e-mail,pedir de todo meu coração
      a sua ajuda!!!
      Minha irmão fez essa cirurgia,e alem de retirar todo o estomago,tbem tiro o baço e
      metade do pancreas,ja vai fazer tres meses,ela ainda esta fazendo quimeo e radio-terapia,mais ela esta muito mal ainda
      sei q e recente mais esta muito dificil para ela,pois ela ja emagreceu mais q trinta kilos e esta muito muito magra,
      e fraca,tudo oq ela come vomita e esta ate ficando depressiva!!!!
      Ja não sabemos o que fazer mais para ajuda-la,entao eu resolvi procurar pessoas
      que tbem tivessem passado por isso para ajuda-la a ter esperança e força pra continuar.
      Estamos muito desesperados,por favor vc pode nos ajudar???
      Desde ja agradeco de todo o meu coração.

      Meu tel é (41) 3033-4127 ou
      da claro (41) 8826-4113

      Att,Tatiani Cordeiro Lima


      face: Tati Cordeiro Lima

      Eliminar
  126. Olá!

    Fiz minha gastrectomia total em 8/2012, ou seja, foi um período de recuperação muito dificil (fisico e psicologicamente), tive algumas complicações no pós-cirurgico mas estou bem, hoje posso dizer que já como de tudo. Ainda tenho algumas dificuldades pois estou fazendo quimioterapia, e não tem como evitar os enjoos. Mas num quadro geral posso dizer estou bem, Graças a Deus!
    deixo meu email para contato. Meu nome Joel email-> j03candido@yahoo.com.br

    ResponderEliminar
  127. Ola meu nome é Tatiani e estou com um serio problema!!!
    Minha irmã fez a cirurgia e retirou todo o estomago,o baço e metade do pancreas,faz quase 3 meses,ainda esta fazendo o tratamento (quimeo e radio-terapia).Mais ela esta sofrendo muito,vomita tudo o que come e ja esta muito magra,emagreceu mais de 37 kilos,esta ficando depressiva e n sabemos mais oq fazer para ajuda-la,moro em Pinhais-Pr. Por favor precisamos muito de ajuda de alguem que ja passou pro isso e hoje esta bem,para conversar com ela e lhe dar um sentido na vida porque esta muito dificil pra ela...Por favor alguem pode me ajudar??? Meu telefone é (41) 3033-4127 ou claro (41) 8826-4113 meu e-mail é tatifurby@hotmail.com Desde ja agraço a todos

    ResponderEliminar
  128. Bom dia amados,sou Marli fiz gastrectomia total em 21/05/2013, hoje após quase sete meses de cirurgia veio uma tosse não sei da onde quando ela vem quase me mata, gostaria de saber se aguém teve ou tem, pois nesta quase morri foi horrivel, pois quando a tosse vem ela obstrui para respirar, sai uma gosma branca com catarro branco horrivel, gostaria de saber se alguém teve ou tem isso, pois estou tão preoculpada... meu imail tekaata@hotmail.com

    ResponderEliminar
  129. Adorei o blog, muito importante para nos que estamos passando por tudo isso

    ResponderEliminar
  130. Eu fiz a retirada total do estômago, em 13/12/13 até agora está difícil, como e não me sinto bem, todo dia aquela fraqueza

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E agora vc já está melhor??? Minha mãe tb fez essa curtia junto da quimioterapia hipertermica dia 02/01/14 e até hm ela sente muitos refluxos e queimação e não sente a menor vontade de se alimentar e já perdeu 14kg!!!!......o médico garantiu que irá melhorar!!!! ....será que alguém pode dizer se eh normal e quanto tempo leva para melhorar os refluxos por favor????muuito obrigado!n!!!

      Eliminar
  131. Eu tb fiz a minha retirada de estomago total 26/02/2012 e sinto os mesmos sintomas que vc. O meu problema é o refluxo, tenho que dormir quase sentado. Mas estamos vivendo, tenho muito apoio da minha esposa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola eu fiz gastrectomia no dia 11 de novembro com complicacao e reoperada a 15 de novembro tive alta a 26 novembro, mas estivevem coma foi muito complicado.
      Tenho 39 anos e 2 filhotes, fiz 3 ciclos de quimio antes das operacao e agora estou a fazer mais 3 sessoes, e tenho ainda dores na barriga , muito medo , mas com fe em Deus.

      Elisabete Diogo

      Eliminar
  132. Andreia!!!!obrigado por este blog!!!!!
    Vc pode por favor nos dizer se vc teve moto refluxos? Se sim por quanto tempo....??? Vc perdeu moto peso???? ...no geral quanto tempo após a cirurgia vc começou a sentir bem e voltou a ter qualidade de vida????
    É importante que as pessoas relatem tb as dificuldades e o passo a passo e não só dizer q fez a cirurgia pq assim nos ajuda mais!!!!
    Muito obrigado e espero que vc esteja super bem!!!!

    ResponderEliminar
  133. Oi Andreia meu nome e Cassiane minha mãe feis gastrectomia total a dois anos.e agora entupio o canal que passa o alimento ela esta sondada e esta sentido os mesmo sintomas que você.

    ResponderEliminar